Bolsonaro anuncia novos investimentos e diz que governos anteriores financiavam ditaduras

Fundo foi ampliado de R$ 100 milhões para R$ 150 milhões, na modalidade de Apoio Continuado

Postado em: 26-01-2022 às 15h56
Por: Maria Paula Borges
Fundo foi ampliado de R$ 100 milhões para R$ 150 milhões, na modalidade de Apoio Continuado | Foto: reprodução

O orçamento do Fundo Socioambiental, por meio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), foi ampliado na modalidade de Apoio Continuado de R$ 100 milhões para R$ 150 milhões. Segundo o presidente Jair Bolsonaro (PL), os recursos têm foco em projetos voltados para educação, meio ambiente e geração de emprego e renda.

Por meio da conta do Twitter, Bolsonaro voltou a dizer que os governos anteriores utilizavam o dinheiro público para financiar ditaduras socialistas. “Em governos anteriores o SEU DINHEIRO era usado para financiar ditaduras socialistas. Atualmente, entre muitos exemplos de valorização do Brasileiro, mais um avanço acontece!”, inicia.

O presidente afirmou ainda que o modelo de investimentos do Fundo Socioambiental “garante até R$ 1 investido para cada R$ 1 dado por outros apoiadores” além de afirmar que a “perspectiva de captação passa para R$ 300 milhões”.

Continua após a publicidade

Em nota, o BNDES informou que o investimento será no modelo não reembolsável, isto é, não precisa de quitação do crédito, desde que seja comprovadamente cumprido o contrato estabelecido e realizado o objeto da contratação, com efetiva contrapartida socioambiental.

Além disso, de acordo com o BNDES, na modalidade Apoio Continuado os projetos podem ser apresentados a qualquer momento. Entretanto, o comitê consultivo se reúne de forma periódica, então a data limite para apresentação de novas propostas é no dia 28 de fevereiro.

Vale ressaltar que os proponentes deve ser entes privados sem fins lucrativos e as ações devem ter valor mínimo de R$ 5 milhões e as propostas serão analisadas conforme os critérios divulgados no site do Fundo Socioambiental.

Veja Também