Terça-feira, 20 de fevereiro de 2024

Mototaxista é morto durante ação policial na Vila Kennedy, Rio de Janeiro

Família e moradores relatam abuso de poder e falta de socorro por parte da polícia

Postado em: 27-11-2023 às 21h37
Por: Luana Avelar
Imagem Ilustrando a Notícia: Mototaxista é morto durante ação policial na Vila Kennedy, Rio de Janeiro
Eberson Luiz chegou sem vida ao hospital | Redes Sociais

Na Vila Kennedy, Zona Oeste do Rio de Janeiro, o mototaxista Eberson Luiz da Silva foi morto durante uma ação policial no último sábado (25). Conforme a narrativa do advogado da família, Ed Wilson, Eberson foi alvejado por tiros da Polícia Militar mesmo após se identificar como trabalhador, exibindo seu crachá.

Testemunhas da comunidade confirmam os fatos e relatam que os moradores foram impedidos de prestar socorro ao mototaxista pelos policiais, que utilizaram spray de pimenta para afastá-los. Eberson foi conduzido pela polícia ao Hospital Municipal Albert Schewitzer.

O advogado destaca que, até o momento, apenas a versão policial foi considerada pela divisão de homicídios. Diante desses acontecimentos, moradores da Vila Kennedy organizaram um protesto que resultou no fechamento da Avenida Brasil. Ed Wilson ressalta que Eberson era reconhecido como uma pessoa tranquila e querida na comunidade, com histórico de trabalho como maqueiro em serviços de saúde na cidade do Rio de Janeiro.

Continua após a publicidade

Por outro lado, a versão oficial da Polícia Militar alega que seus agentes foram alvo de tiros por criminosos locais durante um patrulhamento na Rua Viúva Guerreiro. Em resposta ao ataque, os policiais prenderam um dos envolvidos, encontrando com ele drogas e armamentos. Posteriormente, descobriram um morador ferido, identificado como Eberson, e o levaram ao Hospital Albert Schweitzer para receber atendimento médico.

A ocorrência está sendo investigada pela 34ª DP, e o 14° BPM iniciou um procedimento apuratório para analisar as circunstâncias do incidente.

Veja Também