Segunda-feira, 15 de abril de 2024

5 Livros de mistério viciantes que vão te prender até a última página

Indicações para o final de semana

Postado em: 22-03-2024 às 18h00
Por: Maria Gabriela Pimenta
Imagem Ilustrando a Notícia: 5 Livros de mistério viciantes que vão te prender até a última página
Indicações de livros de mistério. | Foto: iStock

Suspenses, mistérios, thrillers psicológicos. Livros que te deixarão sem fôlego da primeira até a última página. Você não vai sossegar até descobrir o que há por trás destes mistérios. É isso o que você encontra nas indicações desta lista: livros de mistério viciantes que vão te prender até a última página.

1 – A empregada, Freida McFadden

Uma história que vai surpreender até os leitores de suspense mais calejados.

Quem leu A mulher na janela e A garota no trem não vai conseguir colocar este livro de lado até chegar à inacreditável conclusão.

Continua após a publicidade

A empregada vendeu mais de 400 mil exemplares e teve os direitos negociados em 33 países.

Todos os dias, Millie limpa a casa de Nina e Andrew Winchester de cima a baixo. Pega a filha deles na escola. Prepara refeições deliciosas para a família toda antes de poder se recolher e enfim comer o próprio jantar, sozinha em seu quarto minúsculo e claustrofóbico no sótão.

Quando Nina passa a sujar todos os cômodos de propósito só para assisti-la limpar, Millie tenta não perder a cabeça. Quando ela conta mentiras perturbadoras sobre a própria filha e tortura psicologicamente o marido, que parece mais e mais fragilizado, Millie tenta ignorar.

Afinal, com seu passado problemático, ela tem mais é que agradecer por ter conseguido esse emprego.

No entanto, ao olhar bem dentro dos lindos e doces olhos de Andrew e ver o sofrimento contido neles, Millie não consegue deixar de imaginar como seria ter a vida de Nina. O closet cheio de roupas, o carro elegante, o marido perfeito.

Logo os Winchesters vão descobrir que não fazem a menor ideia de quem Millie é de verdade. Nem do que ela é capaz de fazer…

2 – Os pecados de West Heart, Dann McDorman

Mistério envolvente permeado de referências a clássicos do gênero pede a colaboração do leitor para chegar à resolução dos crimes

Estamos nos anos 1970, às vésperas de um feriado, quando o detetive Adam McAnnis se junta a um velho amigo para aproveitar o fim de semana prolongado no West Heart, um clube exclusivo e tranquilo em meio à natureza. Nesse primeiro momento, você talvez não desconfie das intenções dele, mas, em um livro de mistério, nada acontece por acaso.

Entre funcionários, moradores e convidados, nosso protagonista logo percebe que esse grupo de desconhecidos não é lá muito amigável, mas nenhum detetive que se preze largaria uma missão só por causa de umas caras emburradas. No entanto, a situação se agrava quando, menos de vinte e quatro horas depois de McAnnis chegar, o corpo de um dos membros do clube é encontrado no lago. E, para ficar ainda mais dramático, uma grande tempestade está a caminho.

Em Os pecados de West Heart, suspeitos não faltam e todos têm algo a esconder. Com uma estrutura ousada e uma narrativa maliciosamente subversiva, diferente de tudo que já se viu, esta história é uma homenagem aos grandes nomes da ficção criminal clássica, mas também uma versão totalmente original dos quebra-cabeças do gênero. Até a última página, mais pessoas podem morrer, e resta ao leitor mergulhar fundo neste mistério irresistível, apenas à espera de ser resolvido.

3 – A casa torta, Agatha Christie

Nos arredores de Londres há uma mansão com uma inusitada característica – ela é torta. É ali que o milionário octogenário Aristide Leonides mora com a esposa, cinquenta anos mais jovem, além de filhos, noras, netos e uma cunhada, irmã da primeira mulher. Quando a polícia descobre que o patriarca foi envenenado, todos os habitantes da casa se tornam suspeitos, e a discórdia passa a imperar entre os membros da família – sobretudo, olhares desconfiados recaem sobre a jovem viúva. A neta mais velha de Aristide, Sophia, junta-se ao namorado para tentar chegar ao fundo do mistério sobre a morte do avô.

4 – Os cinco sobreviventes, Holly Jackson

Novo livro da autora de Manual de assassinato para boas garotas traz uma viagem aterrorizante da qual nem todos sairão vivos

Red Kenny e seus cinco melhores amigos decidiram alugar um trailer e pegar a estrada rumo a uma viagem inesquecível na praia para comemorar o fim do ensino médio. Enquanto a maioria dos adolescentes está pensando na faculdade, Red tem outras preocupações: órfã de mãe e com o pai alcoólatra, ela precisa dar um jeito em sua vida. Mas ninguém imaginou que o grupo jamais chegaria ao destino desejado.

De repente, no meio da noite, todos os pneus furam ao mesmo tempo e o veículo fica sem gasolina. Presos no meio do nada e sem sinal de celular, não há como pedir ajuda. Quando tiros começam a atingir o trailer, fica claro que foi tudo planejado. Os seis estão encurralados por uma pessoa armada disposta a matá-los, a menos que deem o que ela quer: um segredo.

Restam oito horas até o amanhecer. Para salvar a si mesmos, os amigos precisam descobrir quem é o alvo do atirador escondido na escuridão e por quê. Aos poucos, verdades inconfessáveis e turbulentas começam a vir à tona… mas alguém está mentindo. E isso vai custar a vida de um deles.

Com uma narrativa ágil e assustadora, Os cinco sobreviventes traz uma trama cheia de revelações, na qual nada é o que parece. O primeiro thriller de Holly Jackson fora do universo da série best-seller Manual de assassinato para boas garotas promete deixar os fãs tensos e sem fôlego até a última página.

5 – E não sobrou nenhum, Agatha Christie

Uma ilha misteriosa, um poema infantil, dez soldadinhos de porcelana e muito suspense são os ingredientes com que Agatha Christie constrói seu romance mais importante. Na ilha do Soldado, antiga propriedade de um milionário norte-americano, dez pessoas sem nenhuma ligação aparente são confrontadas por uma voz misteriosa com fatos marcantes de seus passados.

Convidados pelo misterioso mr. Owen, nenhum dos presentes tem muita certeza de por que estão ali, a despeito de conjecturas pouco convincentes que os leva a crer que passariam um agradável período de descanso em mordomia. Entretanto, já na primeira noite, o mistério e o suspense se abatem sobre eles e, num instante, todos são suspeitos, todos são vítimas e todos são culpados.

É neste clima de tensão e desconforto que as mortes inexplicáveis começam e, sem comunicação com o continente devido a uma forte tempestade, a estadia transforma-se em um pesadelo. Todos se perguntam: quem é o misterioso anfitrião, mr. Owen? Existe mais alguém na ilha? O assassino pode ser um dos convidados? Que mente ardilosa teria preparado um crime tão complexo? E, sobretudo, por quê?

São essas e outras perguntas que o leitor será desafiado a resolver neste fabuloso romance de Agatha Christie, que envolve os espíritos mais perspicazes num complexo emaranhado de situações, lembranças e acusações na busca deste sagaz assassino. Medo, confinamento e angústia: que o leitor descubra por si mesmo porque E não sobrou nenhum foi eleito o melhor romance policial de todos os tempos.

Você leu: livros de mistérios que vão te prender da primeira à última página.

Leia também:

Veja Também