Conheça livros de Alice Munro, que morreu aos 92 anos

Escritora famosa por abordar temas essencialmente humanos em suas obras, conquistou o prêmio Nobel de literatura

Postado em: 14-05-2024 às 17h14
Por: Andresa Cardoso dos Santos
Imagem Ilustrando a Notícia: Conheça livros de Alice Munro, que morreu aos 92 anos
Obras de Alice Munro publicadas em português. Montagem/Reprodução: Amazon

A imprensa anunciou a morte da escritora Alice Munro hoje (14/05), aos 92 anos. Ganhadora do prêmio Nobel de literatura em 2013, era considerada, de acordo com o comitê da premiação, “mestre da narrativa breve contemporânea”, além de ser “aclamada por sua narrativa afinada, que é caracterizada pela clareza e pelo realismo psicológico.”

Leia mais: Morre Alice Munro, prêmio Nobel de literatura

Confira algumas obras dessa autora que deixa grandiosa contribuição para a literatura:

Continua após a publicidade

  • A Fugitiva (2004)
Reprodução/Amazon

Sinopse: “Alice Munro apresenta em Fugitiva as obscuras e frágeis fundações de relacionamentos, de descobertas juvenis ou tardias, de enfrentamento ou aceitação de mistérios no universo feminino. As mulheres de Munro, e especialmente neste livro, se encontram em constante questionamento: a idade, o trágico e o belo de correr atrás de um homem que acaba-se de encontrar no trem, a insegurança e o desejo em forças opostas na relação entre marido e esposa.”

  • Vida Querida (2012)
Reprodução/Amazon

Sinopse: “Nos vemos diante de personagens que caminham nas beiradas da existência, arrancadas de seu cotidiano por golpes incisivos do destino e da loucura. Mas este ‘Vida querida’ tem um diferencial que o coloca num nível novo; a última parte do livro traz as quatro únicas narrativas autobiográficas já publicadas por Munro, que emprega toda a sua habilidade literária para rever sua vida, além de refletir sobre o ato de narrar, a ficção e os temas que regem sua obra – memória, trauma, morte. Vida – vida.”

  • Felicidade Demais: Contos (2009)
Reprodução/Amazon

Sinopse: “A obra reúne dez contos de Alice Munro, protagonizados por personagens femininas que vivem situações de grande sedução e violência. São mulheres de idades e ocupações diversas, mas todas elas, a certa altura da vida, deparam com acontecimentos que mudam o rumo de suas vidas.”

  • O amor de uma boa mulher (1998)
Reprodução/Amazon

Sinopse: “Alice Munro oferece ao leitor mais uma fornada de seus contos de fôlego, marcados pela destreza dos planos cinematográficos e pelo olhar duplo, ao mesmo tempo panorâmico e intimista. A canadense fez das pequenas cidades espalhadas pelo condado de Huron o território privilegiado de sua ficção e detecta nas franjas do meio rural aqueles indivíduos de algum modo deslocados da norma. A velhice, a doença, o transtorno mental ou a simples diferença com relação à maioria pontuam os textos.”

Veja Também