Copiloto morre após deixar avião em pleno voo; autoridades investigam

No início da tarde do mesmo dia, um bimotor pousou na grama do Aeroporto Internacional de Raleigh-Durham, informou a Administração Federal de Aviação (FAA) dos Estados Unidos

Postado em: 02-08-2022 às 09h08
Por: Alexandre Paes
No início da tarde do mesmo dia, um bimotor pousou na grama do Aeroporto Internacional de Raleigh-Durham, informou a Administração Federal de Aviação (FAA) dos Estados Unidos | Foto: Reprodução

As autoridades de Carolina do Norte, nos Estados Unidos, informaram que encontraram o corpo do copiloto que pulou de uma aeronave em pleno voo durante um pouso de emergência na última sexta-feira (29/7). No início da tarde do mesmo dia, um bimotor pousou na grama do Aeroporto Internacional de Raleigh-Durham, informou a Administração Federal de Aviação (FAA) dos Estados Unidos.

Duas pessoas estavam a bordo quando o avião decolou, embora um porta-voz do aeroporto tenha dito à afiliada da CNN, WRAL, que apenas o piloto estava a bordo quando a aeronave pousou. O estado de saúde do piloto não foi divulgado na sexta-feira.

O corpo do homem que se acredita ser o copiloto foi recuperado na cidade de Fuquay-Varina, a cerca de 24 quilômetros de Raleigh, disse o porta-voz do gerenciamento de emergências do condado de Wake, Darshan Patel, durante entrevista coletiva.

Continua após a publicidade

Um morador alertou os policiais que vasculhavam a área que ouviu algo em seu quintal, disse Patel. O copiloto foi identificado como Charles Hew Crooks, de apenas 23 anos, de Raleigh, de acordo com o Departamento de Polícia de Fuquay-Varina.

Não está claro se Crooks saltou ou caiu do avião, dizem as autoridades. Ele não estava usando um paraquedas quando seu corpo foi recuperado, informou Patel. A FAA e o National Transportation Safety Board estão investigando o incidente.

Veja Também