Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024

Três crianças são esfaqueadas no centro de Dublin, na Irlanda

Protestos anti-imigração violentos tomaram as ruas de Dublin em resposta ao ataque

Postado em: 24-11-2023 às 09h39
Por: Rondineli Alves de Brito
Imagem Ilustrando a Notícia: Três crianças são esfaqueadas no centro de Dublin, na Irlanda
Protestos anti-imigração violentos tomaram as ruas de Dublin em resposta ao ataque | Foto: Reprodução

Nesta quinta-feira (23/11), cinco pessoas, entre elas três crianças, foram esfaqueadas em uma ataque no centro de Dublin, na Irlanda. Segundo a polícia, uma menina e uma mulher sofreu ferimentos graves.

O ataque aconteceu no meio da manhã, no horário local, perto de uma escola na Parnell Square, praça movimentada de uma área residencial no centro da capital irlandesa. As cinco vítimas foram enviadas a hospitais de Dublin.

O primeiro-ministro do país, Leo Varadkar, anunciou que o homem suspeito de ter cometido o crime brutal foi detido pelas autoridades. O governo não considera o caso como terrorismo, mas ainda não determinou as intenções que levaram o homem a cometer tal crime.

Continua após a publicidade

Segundo o jornal “Irish Times”, a polícia acredita que o homem tentou atacar vários jovens, mas pedestres que passavam pelo local intervieram. “Foi um desespero completo e absoluto, mulheres chorando, homens gritando e chorando”, relatou à agência de notícias Reuters o irlandês Anthony Boyle, que disse ter presenciado a cena.

Durante a noite do mesmo dia, protestos anti-imigração violentos tomaram as ruas de Dublin em resposta ao ataque, a polícia irlandesa informou ter prendido 34 pessoas durante os protestos.

Segundo chefe da polícia local, os manifestantes são extremistas de direita e hooligans que cometem ações violentas. Cerca de cem pessoas foram às ruas alegando que o suspeito do crime é um imigrante, mesmo governo irlandês não dando muito detalhes.

Veja Também