Terça-feira, 27 de fevereiro de 2024

Hamas adia libertação de reféns e acusa Israel de impedir a entrada de ajuda humanitária em Gaza

O ato ocorreu após lideranças do grupo acusarem Israel de impedir a entrada de ajuda humanitária na região palestina

Postado em: 25-11-2023 às 15h49
Por: Ícaro Gonçalves
Imagem Ilustrando a Notícia: Hamas adia libertação de reféns e acusa Israel de impedir a entrada de ajuda humanitária em Gaza
O ato ocorreu após lideranças do grupo acusarem Israel de impedir a entrada de ajuda humanitária na região palestina | Foto: Reprodução/Twitter

Neste sábado (25/11), o grupo extremista Hamas adiou a libertação do segundo grupo de israelenses reféns no território da Faixa de Gaza. O ato ocorreu após lideranças do grupo acusarem Israel de impedir a entrada de ajuda humanitária na região palestina.

Segundo as Forças de Defesa de Israel (FDI), era esperado que 13 pessoas cidadãos israelenses, entre mulheres e crianças, fossem soltas nessa segunda leva. O acordo previa também a libertação de 39 prisioneiros palestinos.

Trégua

Após mais de 50 dias de guerra, o conflito entre Israel e Hamas teve uma trégua de quatro dias para que haja a troca de troca de reféns e prisioneiros. O período também é destinado à entrada de ajuda humanitária no território palestino, com caminhões levando alimento, água e medicamentos.

Veja Também