Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024

Presidente da Guiana recorre à ONU para solucionar conflito com a Venezuela

Pronunciamento ocorre após Maduro anunciar um novo mapa com a região do Essequibo anexada à Venezuela

Postado em: 06-12-2023 às 09h43
Por: Rondineli Alves de Brito
Imagem Ilustrando a Notícia: Presidente da Guiana recorre à ONU para solucionar conflito com a Venezuela
Pronunciamento ocorre após Maduro anunciar um novo mapa com a região do Essequibo anexada à Venezuela | Foto: Reprodução

Na noite da última terça-feira (5/12), o presidente da Guiana, Irfaan Ali, afirmou que buscará diálogo com o Conselho de Segurança das Nações Unidas (ONU), após as recentes ações da Venezuela de anexar o território de Essequibo. 

“Levarei esse assunto ao Conselho de Segurança das Nações Unidas amanhã, para que as ações apropriadas sejam tomadas”, cravou Ali.

Segundo o presidente, esta medida deve ocorrer ainda nesta quarta-feira (6/12), em resposta às últimas medidas anunciadas pelo presidente venezuelano Nicolás Maduro de tornar lei a tal anexação. 

Continua após a publicidade

“Qualquer ação ou tentativa de tomar qualquer ação em virtude do referendo requererá recorrer ao Conselho de Segurança da ONU”, afirmou Nandlall.

As falas do presidente da Guiana ocorreram horas após o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciar um novo mapa que mostra a região do Essequibo anexada ao país e a criação de uma nova província.

O presidente da Guiana, Irfaan Ali, também afirmou que a situação é um “desrespeito flagrante”, e o procurador chegou a garantir que a Guiana apelaria aos artigos 41 e 42 da Carta das Nações Unidas, que possibilita o uso de ação militar e sanção por parte do Conselho de Segurança da ONU.

Veja Também