Segunda-feira, 15 de abril de 2024

Exército de Israel abre fogo contra civis que buscavam comida e mata ao menos 104 em Gaza

A informação é do Ministério da Saúde Palestino em Gaza.

Postado em: 29-02-2024 às 16h45
Por: Luan Monteiro
Imagem Ilustrando a Notícia: Exército de Israel abre fogo contra civis que buscavam comida e mata ao menos 104 em Gaza
A informação é do Ministério da Saúde Palestino em Gaza. | Foto: UNICEF

Ao menos 104 pessoas morreram e 760 ficaram feridas após tropas da Força de Defesa de Israel (FDI) abrirem fogo contra civis palestinos que se reuniam em torno de caminhões de ajuda alimentar. A informação é do Ministério da Saúde Palestino em Gaza.

De acordo com informações, civis se aglomeraram em torno de caminhos de ajuda na esperança de conseguir comida, quando drones e tanques de Israel começaram a disparar contra as pessoas na cidade de Gaza.

Um oficial isralenese informou à CNN Internacional que tropas do exército abriram fogo contra pessoas que cercavam o caminho de ajuda enquanto “a multidão se aproximava das forças de uma maneira que representava uma ameaça às tropas, que responderam à ameaça com fogo real”.

Continua após a publicidade

Caminhões de ajuda ainda tentaram fugir do local e acabaram atropelando acidentalmente outros civis.

O número de morto e feridos deve aumentar, já que muitos corpos ainda estão nas ruas, com ambulâncias lutando para chegar aos necessitados devido a escombros.

A Oxfam condenou o ataque e afirmou que foi uma “grave violação das leis humanitárias internacionais e da nossa humanidade”. Organizações internacionais chamam o que ocorre em Gaza de “genocídio autodocumentado”.

Assista o momento do ataque

Veja Também