Terça-feira, 27 de fevereiro de 2024

“Tem que todo mundo comprar fuzil”, responde Bolsonaro a apoiadores

O presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) em conversa com apoiadores na manhã desta sexta-feira (27/08), quando deixava o Palácio do Planalto para

Postado em: 27-08-2021 às 11h14
Por: Nielton Soares
Imagem Ilustrando a Notícia: “Tem que todo mundo comprar fuzil”, responde Bolsonaro a apoiadores
“Eu sei que custa caro. Tem um idiota: 'Ah, tem que comprar é feijão'. Cara, se não quer comprar fuzil, não enche o saco de quem quer comprar," completou Bolsonaro | Foto: rede social

O presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) em conversa com apoiadores na manhã desta sexta-feira (27/08), quando deixava o Palácio do Planalto para cumprir agenda em Goiânia, chamou de “idiota” quem fala em comprar “feijão” ao invés de armas.

No diálogo que foi transmitido em redes sociais, um dos presentes questionou se havia novidade sobre o armamento para caçadores, atiradores e colecionadores, os chamados CACs. E Bolsonaro respondeu:

“O CAC está podendo comprar fuzil. O CAC que é fazendeiro compra fuzil 762. Tem que todo mundo comprar fuzil, pô. Povo armado jamais será escravizado. Eu sei que custa caro. Tem um idiota: ‘Ah, tem que comprar é feijão’. Cara, se não quer comprar fuzil, não enche o saco de quem quer comprar.”

Continua após a publicidade

Vale lembrar que Bolsonaro se elegeu em cima do discurso a favor da facilitação ao acesso da população a armas e munições. No comando do Governo Federal, ele assinou uma série de decretos para flexibilizar a medida.

Agenda em Goiânia

O presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) se encontra em Goiânia na manhã desta sexta-feira (27/08), cumprindo a sua 16ª visita oficial a Goiás. O primeiro compromisso, ainda pela manhã, por volta das 10 horas, foi participar da solenidade de passagem de comando do comandante de operações especiais do Exército.

O general de Divisão Gustavo Henrique Dutra de Menezes deixou o cargo, que passa a ser comandado pelo general de Brigada Carlos Alberto Rodrigues Pimentel. Já no período da tarde, por volta das 14h30, o presidente deve se unir ao grupo Brasil Verde Amarelo para uma motociata pelas ruas da Capital. O grupo deve sair do comando de operações, no Jardim Guanabara.

O cerimonial da Presidência informou que Bolsonaro deve passar a noite em Goiânia, pois logo pela manhã deste sábado (28/08), às 9h, participará do 1° Encontro Fraternal de Líderes Evangélicos, que acontecerá na Igreja Assembleia de Deus de Campinas.

Na sequência, o chefe do Executivo irá se reunir com lideranças políticas em um salão da própria Igreja. O governador Ronaldo Caiado (DEM) confirmou presença nos eventos tanta desta sexta quanto do sábado. A assessoria do prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos), informou que ele também estará presente na visita de Bolsonaro.  

Veja Também