Sete partidos com nomes ao governo definiram data das convenções

Goiás tem nove pré-candidatos ao Palácio das Esmeraldas. Novo, de Edigar Diniz, é o primeiro com convenção já marcada para este sábado

Postado em: 22-07-2022 às 08h20
Por: Francisco Costa
Goiás tem nove pré-candidatos ao Palácio das Esmeraldas. Novo, de Edigar Diniz, é o primeiro com convenção já marcada para este sábado | Foto: Reprodução

A maioria dos partidos com pré-candidatos ao governo de Goiás já definiu datas para as convenções. O evento de oficialização de postulantes começou no último dia 20 e segue até 5 de agosto. 

Vale citar, a corrida pelo governo de Goiás tem nove pré-candidatos. O mais recente a anunciar pré-candidatura é o Pros. Na quarta-feira (20), o partido fechou no nome do empresário André Antônio Ferreira, antes cotado para disputar a Câmara Federal. 

Além dele, já colocaram o nome à disposição: o ex-prefeito de Aparecida de Goiânia Gustavo Mendanha (Patriota); o ex-governador Marconi Perillo (PSDB); o deputado federal Vitor Hugo (PL); o ex-reitor da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO) Wolmir Amado (PT); a cientista social Cíntia Dias (PSOL); a professora Helga Martins (PCB); o empresário Edigar Diniz (Novo); e, obviamente, o governador Ronaldo Caiado (União Brasil). 

Continua após a publicidade

Desta lista, o primeiro a realizar este evento é o Novo, de Edigar Diniz. O ato ocorre neste sábado (23), no Rizzo Plaza, em Goiânia, às 14h. O próximo na lista é o PL. O partido deve oficializar a candidatura de Vitor Hugo às 18h de 29 de julho. O local ainda será definido, mas a presença do presidente Jair Bolsonaro (PL) está confirmada, segundo o próprio parlamentar. O evento deve ser na capital. 

Um dia depois, 30 de julho, é a vez do PSOL de Cíntia Dias. O ato será às 14h, no Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Educação das Instituições Federais de Ensino Superior do Estado de Goiás (SINT-IFESgo), em Goiânia.

Os demais, por enquanto, fecharam somente as datas. O Pros realiza suas convenções partidárias em 2 de agosto. No prazo final é a vez do PSDB de Marconi Perillo e do Patriota de Gustavo Mendanha confirmarem seus candidatos. O União Brasil do governador Ronaldo Caiado deve optar pelo dia 4 ou 5 de agosto, segundo a assessoria do gestor. 

O PT Goiás ainda não definiu o dia de sua convenção. O mais provável é que fique para prazo final. O PCB de Helga Martins foi procurado, mas não respondeu os questionamentos até o fechamento da edição. 

Pros descartou aliança com Marconi

Mais recente a anunciar pré-candidatura ao governo de Goiás, o Pros descartou aliança com o governador Marconi Perillo, que oficializou a preferência pelo Palácio das Esmeraldas no último dia 16 de julho. Segundo o presidente estadual da sigla, Dhone Rodrigues, a decisão foi da regional em conjunto com a direção nacional.

Vale lembrar, o presidente nacional do Pros Marcus Holanda disse ao Jornal O Hoje, no fim de junho, que o partido estaria com o ex-governador Marconi Perillo, caso ele resolvesse disputar o governo de Goiás. À época, ele informou, inclusive, que articulava outras siglas para se unirem ao tucano. 

O anúncio de nome próprio, contudo, não é definitivo. Ele ainda deve passar pela convenção, o que também vale para os demais pré-candidatos ao governo. 

Veja Também