Bolsonaro critica signatários de manifesto pela democracia

Presidente ironizou, também, apoio de artistas e banqueiros ao texto.

Postado em: 01-08-2022 às 18h16
Por: Luan Monteiro
Presidente ironizou, também, apoio de artistas e banqueiros ao texto. | Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (PL) criticou nesta segunda-feira (1º/8) manifestos a favor da democracia, organizados após ataques a Justiça Eleitoral feitas pelo mandatário. De acordo com o presidente, os textos foram assinados por “empresários mamíferos”, além de banqueiros e artistas.

“Esse manifesto aí foi assinado por banqueiros, artistas. Tem mais uma classe aí. E alguns empresários mamíferos” disse Bolsonaro, em conversa com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada.

Um desses abaixo-assinados, organizado por juristas e pela Faculdade de Direito da USP em defesa da democracia, intitulado “Carta aos Brasileiros em Defesa do Estado Democrático de Direito”, já conta 640 mil assinaturas, incluindo dez ex-ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Continua após a publicidade

Outro manifesto, organizado pelo meio econômico e produtivo por meio da Fiesp e recebeu a adesão da Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

Na última semana, o presidente havia dito que não precisa de “nenhuma cartinha” para defender a Constituição. Após isso, ele ironizou os textos, ao publicar em sua conta no Twitter uma “carta” dizendo apenas ser “a favor da democracia”.

Veja Também