Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024

Assembleia Legislativa de Goiás terá concurso em 2024

Presidente da Alego, Bruno Peixoto disse ter pedido uima análise para extinguir cargos comissionados da administração para a entrada dos concursados

Postado em: 03-08-2023 às 08h45
Por: Mariana Fernandes
Imagem Ilustrando a Notícia: Assembleia Legislativa de Goiás terá concurso em 2024
Bruno Peixoto disse ter pedido uima análise para extinguir cargos comissionados da administração para a entrada dos concursados | Foto: Divulgação/ Alego

O deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), Bruno Peixoto, anunciou nesta quarta-feira (2), a realização de um concurso público para a Casa em 2024. O certame abrirá vagas para auxiliar de serviços gerais, comunicador social, analista de T.I., agente da polícia e outros. 

Na Casa, possuem atualmente 411 concursados e 1100 comissionados divididos em quatro turnos, incluindo finais de semana. Desta forma, Bruno Peixoto também demandou por uma análise para extinguir cargos comissionados da administração para a entrada dos concursados.

“Já determinei o início dos estudos para que em 2024 ocorra o concurso público. A Casa precisa de profissionais concursados nas mais diversas áreas”, declarou Bruno. O presidente também determinou a criação da Comissão do Concurso Público 2024. O colegiado irá selecionar a banca examinadora, por meio de licitação, além de definir o quantitativo de vagas.

Continua após a publicidade

Vale ressaltar, que atualmente existem 3800 funcionários comissionados lotados em gabinetes e escritórios de representação dos 41 deputados estaduais. A nomeação é de livre escolha. A exemplo do que ocorre no Congresso Nacional, em Brasília, não pode ser imposto concurso público nos gabinetes. Na Assembleia, por exemplo, cada deputado estadual pode contratar até 95 nomes (antes eram 45), dentro da cota de R$ 88.700,00 mensais. Portanto, não houve aumento de recursos. 

Veja Também