Quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024

Daniel Bialski assume a defesa de Michelle Bolsonaro no caso das joias

O advogado criminalista recém contratado pela ex-primeira dama pediu acesso à investigação e afirma que Michelle não participou do esquema das joias

Postado em: 14-08-2023 às 16h28
Por: Larissa Oliveira
Imagem Ilustrando a Notícia: Daniel Bialski assume a defesa de Michelle Bolsonaro no caso das joias
O advogado criminalista recém contratado pela ex-primeira dama pediu acesso à investigação e afirma que Michelle não participou do esquema das joias. | Foto: Planalto

O advogado criminalista Daniel Bialski assumiu a defesa de Michelle Bolsonaro e pediu acesso aos autos da investigação sobre o esquema de venda de jóias recebidas pelo Governo Federal. Segundo Daniel, o entorno do casal Bolsonaro é o alvo principal da apuração, pois foi solicitada quebra de sigilos bancário e fiscal contra a ex-primeira-dama. O novo advogado terá que lidar com uma provável intimação para que Michelle preste depoimento sobre o caso. 

O defensor da ex-primeira dama esclareceu que primeiro quer conhecer todas acusações e eventuais menções à sua cliente antes de se manifestar. Porém, Bialski afirmou, nesta segunda-feira (14) que a ex-primeira dama “está absolutamente tranquila porque não participou do esquema e desconhece ter ocorrido irregularidade ou ilicitude”. Vale lembrar que Michelle Bolsonaro está sendo investigada por supostamente ter escondido algumas joias.

Em outros processos, o especialista em Direito Penal já defendeu a deputada Carla Zambelli (PL) e o ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro. No entanto, na investigação das joias, Daniel Bialski não é o mesmo defensor do marido de Michelle. Os advogados de Jair Bolsonaro (PL) são Paulo Amador Cunha Bueno, Daniel Tesser e Fábio Wajngarten.

Veja Também