Terça-feira, 20 de fevereiro de 2024

João Campos aguarda espaço em Aparecida para negociar vice

Segundo interlocutor, ex-deputado federal já teria iniciado conversações em meados de 2023, mas não houve “esforço” para concretização

Postado em: 05-12-2023 às 10h30
Por: Francisco Costa
Imagem Ilustrando a Notícia: João Campos aguarda espaço em Aparecida para negociar vice
O político, segundo um interlocutor, aguarda desde o meio do ano por uma negociação que serviria para que ele ocupasse a vice do prefeito Vilmar Mariano (MDB), em chapa à prefeitura, no ano que vem | Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Ex-deputado federal, o recém-filiado ao Podemos, João Campos, é visto com frequência em Aparecida de Goiânia. O político, segundo um interlocutor, aguarda desde o meio do ano por uma negociação que serviria para que ele ocupasse a vice do prefeito Vilmar Mariano (MDB), em chapa à prefeitura, no ano que vem. 

De acordo com esta fonte, existia a conversa de indicação para a Secretaria Executiva de Mobilidade, mas não houve esforço para dar andamento no projeto. Hoje, o cenário estaria aberto. Ainda segundo a fonte, a parceria não está descartada – e nem garantida. “Ele diz que está aberto para ser vice ou prefeito.”

João Campos é aliado do ex-prefeito Gustavo Mendanha (PRD, rumo ao MDB). Em 2022, ele disputou o Senado na chapa do político que concorreu ao Palácio das Esmeraldas. O ex-deputado federal terminou na quinta colocação, com 11,07% dos votos.

Continua após a publicidade

O vencedor do páreo foi Wilder Morais, com 25,25%. Do terceiro ao quarto foram: o ex-governador Marconi Perillo (PSDB), o ex-deputado federal Delegado Waldir (União Brasil) e o ex-ministro Alexandre Baldy (PP).

“Coringa”

De volta a Campos, o presidente estadual do Podemos, Eurípedes do Carmo, já classificou o colega ao Jornal O Hoje como “coringa”. “[Ele] pode ser qualquer coisa que o grupo definir. Ele está vindo para ser um soldado do partido”. Ainda de acordo com o ele, o ex-deputado “pode ser candidato a prefeito ou a vice, em Goiânia ou Aparecida. Ou pode ser candidato a deputado federal ou senador, em 2026”, amplia o leque.

Eurípedes argumenta que tudo é discussão e no momento certo o grupo de partido irá sentar e definir. O presidente, entretanto, afirma que o Podemos quer ter candidato a prefeito ou a vice nas principais cidades do Estado. “Estamos trabalhando para isso. O partido só cresce se disputar eleição”, avalia.

Questionado sobre as conversas em Aparecida, onde a aposta pela participação de João Campos é maior, ele não é certeiro e diz conversar com todos – do MDB do prefeito Vilmar Mariano ao PL do principal possível adversário, o deputado federal Professor Alcides (PL). “Não temos restrição a ninguém.”

Entorno de Mendanha e Mariano

Já uma fonte ligada a Gustavo Mendanha e Vilmar Mariano afirma que o foco, neste momento, é de pacificação, especialmente do prefeito junto ao presidente da Câmara Municipal, o também pré-candidato André Fortaleza (MDB). No fim de novembro, durante o lançamento da 40ª edição do Mutirão de Aparecida, as três lideranças estavam juntas – uma articulação do ex-prefeito.

“Gustavo levou Fortaleza e alguns vereadores de oposição em um café da manhã e em seguida foram ao mutirão, juntos. Gustavo está focado em viabilizar Vilmar e pacificar”, declara a pessoa consultada. Apesar do gesto, a impressão é que Mariano teria se mantido arredio, o que não agradou o vereador. Enquanto isso, Fortaleza segue com a pré-candidatura e o prefeito prorroga as negociações com João Campos. 

Ao mesmo tempo, Professor Alcides continua na articulação do projeto político do paço aparecidense. Recentemente, inclusive, se reuniu com pré-candidatos a vereador. E, como mencionado pelo presidente do Podemos, Eurípedes do Carmo, o partido não tem restrição a ninguém. “Conversamos com todos”, frisa.

Veja Também