Segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024

Daniel Vilela tira Marussa Boldrin do comando do MDB em Rio verde

Deputada estava no cargo há cerca de sete meses

Postado em: 25-01-2024 às 08h02
Por: Francisco Costa
Imagem Ilustrando a Notícia: Daniel Vilela tira Marussa Boldrin do comando do MDB em Rio verde
Deputada estava no cargo há cerca de sete meses (Foto: Câmara dos Deputados)

O presidente estadual do MDB, o vice-governador Daniel Vilela, destituiu a deputada federal Marussa Boldrin do comando do partido em Rio Verde. A saída teve definição em 19 de janeiro, mas foi revelada na terça-feira (23).

Marussa havia sido nomeada há cerca de sete meses pelo presidente nacional do MDB, o deputado federal Baleia Rossi. Já a saída ocorre em meio disputas dentro da base caiadista no município.

O grupo do governador Ronaldo Caiado (União Brasil) é aliado do prefeito Paulo do Vale (União Brasil), que só deve definir o sucessor no pleito em abril. Marussa, por sua vez, estaria próxima do ex-presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego).

Continua após a publicidade

“A direção do MDB informa que a mudança no comando da comissão provisória da cidade de Rio Verde é motivada pela adequação no cenário da disputa da eleição municipal. O momento é de ajustes locais para a construção de alianças alinhadas ao projeto do MDB de ampliar o número de prefeitos eleitos pela sigla”, diz nota da legenda.

A informação foi divulgada pelo Jornal O Popular. Anteriormente, a coluna Xadrez, do Jornal O Hoje, já havia informado que o prefeito Paulo do Vale só fecharia com o MDB sem Marussa. “Paulo quer o MDB em sua base, mas não aceita a deputada federal Marussa Boldrin comandar o diretório municipal e montar uma nominata de vereadores”, escreveu Wilson Silvestre há cerca de duas semanas.

Segundo o colunista, Paulo temia, justamente, que Marussa apoiasse um adversário de seu grupo, mesmo a deputada sendo fiel à base caiadista. A deputada deve tentar reverter a decisão junto ao MDB nacional.

Veja Também