Segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024

“Vilmar tem condições de ficar mais 4 quatro anos”, diz Daniel Vilela 

Além de avaliar situação política em Aparecida, vice-governador analisou pré-candidatura de Márcio Correa em Anápolis: “Tem grandes projetos para acelerar o ritmo de desenvolvimento de uma das maiores e mais ricas cidades goianas”

Postado em: 02-02-2024 às 07h30
Por: Redação
Imagem Ilustrando a Notícia: “Vilmar tem condições de ficar mais 4 quatro anos”, diz Daniel Vilela 
Em entrevista ao Jornal O Hoje, o presidente estadual do MDB disse que o gestor tem condições de concorrer à reeleição em Aparecida | Foto: Reprodução

Francisco Costa e Yago Sales

O vice-governador de Goiás, Daniel Vilela (MDB), defendeu a manutenção do mandato de Vilmar Mariano (MDB) como prefeito de Aparecida de Goiânia. Em entrevista ao Jornal O Hoje, o presidente estadual do MDB disse que o gestor tem condições de concorrer à reeleição na cidade da região metropolitana da capital.

“Vilmar tem condições de disputar a reeleição e continuar, por mais quatro anos, cuidando de Aparecida e de seus moradores. É um político extremamente dedicado. Dorme pouco, trabalha muito e fica em contato direto com a população”, declarou o vice-governador.

Continua após a publicidade

Vilela cita que o começo da gestão de Vilmar precisou de ajustes na equipe e outros fatores, mas reforça que “hoje está tudo devidamente resolvido”. “Agora é acelerar o ritmo da máquina e alcançar o reconhecimento dos aparecidenses”, declara otimista.

Vilmar Mariano assumiu a prefeitura no primeiro semestre de 2022, quando o ex-prefeito Gustavo Mendanha (PRD) renunciou para disputar o governo de Goiás. Durante este tempo, Vilmarzin, como também conhecido, chegou a abrigar no primeiro escalão da administração indicados do deputado federal Professor Alcides (PL), que, no ano passado, oficializou a pré-candidatura na disputa pelo paço de Aparecida.

Infraestrutura

Sobre “acelerar o ritmo da máquina e buscar reconhecimento”, como disse o vice-governador, Vilmar tem se dedicado a investimentos na infraestrutura da cidade. Na última semana, ele assinou ordens de serviço para o início do Programa de Reestruturação Viária na Bacia do Ribeirão Santo Antônio II, com a construção de oito bueiros celulares.

O objetivo, disse a prefeitura por meio de comunicado enviado à reportagem, é proporcionar mais mobilidade aos cidadãos aparecidenses. O plano da gestão é que, com início em março, assim que o período de chuvas terminar, as obras fiquem prontas no final do ano ao custo, diz a equipe do prefeito, de R$ 15,8 milhões. 

“Em Aparecida, os investimentos em infraestrutura não param. Estamos dando sequência ao processo de transformação iniciado pelo nosso eterno prefeito Maguito Vilela e pelo ex-prefeito Gustavo Mendanha e faremos da cidade um grande canteiro de obras estruturantes que vão facilitar a vida das pessoas”, declarou Vilmar, na ocasião.

Anápolis

O vice-governador Daniel Vilela também citou Anápolis como cidade com a possibilidade de pré-candidatura pelo MDB. Segundo ele, o deputado federal Márcio Correa – que assumiu durante a licença de Célio Silveira, ambos do MDB – “é um grande quadro do nosso partido”. 

Segundo o presidente do MDB goiano, Márcio tem feito a diferença e faz política por convicção. “Tem grandes projetos para Anápolis, principalmente para acelerar o ritmo de desenvolvimento de uma das maiores e mais ricas cidades de Goiás. É um excelente nome para representar nosso grupo na corrida eleitoral deste ano, inclusive com características que vão ao encontro do que querem os eleitores anapolinos.” 

Por fim, Daniel ressalta que tudo depende do governador Ronaldo Caiado (União Brasil). De acordo com ele, as conversas seguem com as demais lideranças de Anápolis, a fim de que a base monte um grupo coeso e unido para estas eleições. Nos bastidores, Márcio é visto como um ponto de convergência entre caiadistas e bolsonaristas.

Veja Também