Bolsonaro diz que vai sancionar ‘meros’ R$ 3 bilhões para o fundão eleitoral

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou na manhã desta terça-feira (17/08) que deve sancionar ainda nesta semana a Lei de Diretrizes

Postado em: 17-08-2021 às 09h50
Por: Nielton Soares
Anteriormente, o Congresso Nacional aprovou a previsão de R$ 5,7 bilhões para o Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC) para a eleição de 2022 | Foto: Reuters

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou na manhã desta terça-feira (17/08) que deve sancionar ainda nesta semana a Lei de Diretrizes Orçamentárias. No pacote consta os recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC).

O dinheiro público é previsto para financiar as eleições de 2022. O Congresso Nacional previu e aprovou um orçamento de R$ 5,7 bilhões para o conhecido “fundão eleitoral”.

Questionado sobre esses recursos, Bolsonaro respondeu que “meros 3 bilhões de reais devem ser sancionados”, por ele.

Continua após a publicidade

R$ 2 bilhões

Em 2020, os partidos foram ‘abastecidos’ com R$ 2 bilhões de recursos públicos para as campanhas eleitorais de prefeitos e vereadores. Atualmente, por lei, os partidos e candidatos não podem receber doação empresariais, porém, podem contar com contribuições de pessoas físicas.

Veja Também