Semana Mundial do Glaucoma: a realização de exames é a melhor forma de identificar a doença

Com a diminuição de casos de Covid-19 e a imunização da população, o aumento de idosos fazendo exames foi evidente

Postado em: 08-03-2022 às 10h52
Por: Iara Godoi
Com a diminuição de casos de Covid-19 e a imunização da população, o aumento de idosos fazendo exames foi evidente | Foto: Reprodução

Durante o período mais crítico da pandemia, a recomendação de ir aos hospitais em apenas casos emergentes acabou prejudicando o diagnóstico de diversas doenças, como por exemplo o glaucoma. A falta de consultas aos oftalmologistas, acabou resultando no afastamento de pacientes em tratamento, e também atrapalhou a realização de exames preventivos da doença, que quanto mais cedo feito e identificado, mais cedo apresenta resultados positivos.

O glaucoma é uma doença que atinge os olhos, causada por diversos motivos, principalmente pelo aumento da pressão intraocular, e que pode levar à cegueira caso não seja tratada corretamente. Durante a Semana Mundial do Glaucoma, entre os dias 08 e 12 de março, é necessário afirmar a importância da realização dos exames, que podem ser feitos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

De acordo com dados divulgados pelo Sistema de Informações Ambulatoriais do Sistema Único de Saúde (SIA/SUS), houve um aumento no número de exames para diagnóstico de glaucoma realizados em 2021 em comparação ao mesmo período em 2020, com um crescimento de 51% na região Centro-Oeste. Durante o primeiro ano de pandemia, apenas o exame de tomografia de coerência óptica sofreu aumento em comparação ao ano de 2019, com alta de 47%. Em 2020, a realização do exame subiu para 70%.

Continua após a publicidade

Com a diminuição de casos de Covid-19 e a imunização da população, o aumento de idosos fazendo exames foi evidente. A alta foi de pelo menos 40% das pessoas de 50 anos para cima.

O diagnóstico do glaucoma é bastante complicado, principalmente nas fases iniciais da doença, podendo até mesmo resultar em falsos resultados positivos. A tomografia é uma das maneiras de ter um diagnóstico mais preciso e permite uma melhor avaliação e classificação das suspeitas de glaucoma. Em caso de dor nos olhos, perda de visão, visão embaçada, é essencial ir ao oftalmologista, também é importante se atentar às consultas e exames de rotina. 

Veja Também