Adolescentes quebram ônibus e dançam em delegacia após mais de 60 serem apreendidos em festa; Veja o vídeo

No vídeo, um deles chega a fazer postagem direto da central e, já em casa, publica outra gravação em um tom de deboche: "Em breve tem mais"

Postado em: 11-05-2022 às 18h11
Por: Rodrigo Melo
No vídeo, um deles chega a fazer postagem direto da central e, já em casa, publica outra gravação em um tom de deboche: "Em breve tem mais" | Foto: Reprodução

Uma operação de combate à exploração sexual infantil flagrou mais de 60 crianças e adolescentes de 11 a 17 anos consumindo bebidas alcoólicas em uma festa em Teresina, Piaui. A situação aconteceu na madrugada do último domingo (08/5), quando mais de 60 crianças e adolescentes foram retirados de uma festa de aniversário de 18 anos de uma influencer, onde havia álcool e drogas, segundo relatou a Secretaria Municipal de Assistência Social.

Em outros vídeos publicados nas redes sociais, um micro-ônibus da secretaria de assistência social de Teresina aparece danificado, com uma de suas janelas derrubadas. Alguns adolescentes aproveitam para fugir de dentro do ônibus, até que a chegada de um policial militar impede que os demais saiam do veículo. (Veja o vídeo)

Após serem levados pela polícia, os adolescentes gravaram vídeos dançando dentro da Central de Flagrantes da capital. As imagens viralizaram nas redes sociais. No vídeo, um deles chega a fazer postagem direto da central e, já em casa, publica outra gravação em um tom de deboche: “Em breve tem mais”. Outro vídeo que circula nas redes sociais mostra também um grupo pulando pela janela de um ônibus, fugindo para não ser levado para a Central de Flagrantes.

Continua após a publicidade

Vídeo: Redes Sociais

Sem controle

O gerente de diretos humanos da Secretaria Municipal de Assistência Social, André Santos, disse que se chocou com a quantidade de menores de idade na festa consumindo bebida alcoólica.

“Lá tinha em torno de 200 pessoas, entre adultos e adolescentes. Alguns estavam com garrafa de uísque na mão, outros tão embriagados que não conseguiam nem ver o celular que estava na mão e a maioria seminus. Temos relatos de muito consumo de drogas”, disse.

Foram presos o dono do bar que funcionava no local, identificado na Central de Flagrantes como Janderson Sales Mendes, 34, e um funcionário dele, que entregava as bebidas. Ambos, que atuavam como terceirizados, não foram localizados pela reportagem. Eles foram soltos após o pagamento de fiança.

Dona da festa

A Influencer Latiina Gold, que organizou a festa, não quis comentar os vídeos nem as apreensões dos adolescentes. “Os adolescentes não praticaram nenhum ato infracional e foram levados para a central por falta de um espaço de acolhimento. Mais de 30 garrafas de bebidas foram apreendidas”, disse a delegada Lucivânia Vidal, coordenadora da Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente.

Conselhos Tutelares notificaram os 50 pais e vão ouvi-los durante esta semana. O conselheiro tutelar Antônio Oliveira, da região sudeste de Teresina, também disse que foi estarrecedora a quantidade de adolescentes embriagados encontrados no local.

“A maioria dos pais não tinha conhecimento que os filhos estavam na festa ou consumindo bebida alcoólica. É preciso que os pais se tornem mais vigilantes monitorando a rede social do filho, acompanhando-o na escola, conhecendo os amigos”, afirmou o conselheiro.

Ele alerta ainda para o crime que as pessoas estão cometendo ao compartilhar os vídeos dos adolescentes na internet, de acordo com o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).

Veja Também