Após suposta sonegação de impostos, Shakira pode responder por 8 anos de prisão

Após suspostamente sonegar impostos ao governo espanhol entre 2012 e 2014, o Ministério Público da Espanha emitiu um pedido de prisão a cantora por 8 anos e 2 meses.

Postado em: 29-07-2022 às 16h44
Por: Victória Vieira
A colombiana está sendo investigada por fraude fiscal | Foto: Reprodução

A diva do pop Shakira, de 45 anos, está enfrentando uma confusão sem fim. Após suspostamente sonegar impostos ao governo espanhol entre 2012 e 2014, o Ministério Público da Espanha emitiu um pedido de prisão de 8 anos e 2 meses a cantora. As informações foram divulgadas pelo jornal El País, nesta sexta-feira (29/7).

A colombiana está sendo investigada por fraude fiscal. De acordo com o veículo jornalístico, o órgão emitiu uma multa no valor de 23 milhões de euros, equivalente a R$ 121,8 milhões. A assessoria e representantes de Shakira ainda não se manifestaram sobre o caso.

Entretanto, a artista informou que recusou o acordo proposto pelo Ministério Público da Espanha e lutaria pelos seus direitos no julgamento. A equipe de defesa avisa que estão dispostos a um novo acordo até a reabertura do processo.

Continua após a publicidade

“Com a plena convicção de sua inocência (…), Shakira não aceita um acordo com a Promotoria e decide seguir adiante com o processo. Ela se mostra confiante que a justiça lhe dará razão”, comunicou os representantes.

A intérprete das canções “Waka Waka” e “Hips Don’t Lie” defende que vivia na Espanha desde 2011, quando tornou público o namoro com o jogador do Barcelona, Gerard Piqué. Sendo assim, Shakira não permaneceu mais de seis meses no país, o tempo necessário para considerar-se residente oficial.

Shakira alega que estão querendo recolher o dinheiro ganho em suas turnês internacionais e no ‘The Voice (quando participou como jurada do programa). Ainda na declaração, ela afirma o pagamento no valor de 17,2 milhões de euros para o governo, por isso, não existe nenhuma dívida pendente com o Ministério das Finanças.

Veja Também