18 de abril de 2019 - quinta-feira

Euro R$ {{cotacao.EUR.valor | number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Cidades
Conjunto Primavera
23-01-2019 | 09h00
Mais um corpo sem cabeça é encontrado, em Goiânia
Em menos de uma semana, esse é o 3º corpo sem cabeça encontrado na Capital. Ao longo dos últimos dez dias, duas cabeças humanas foram encontradas

Eduardo Marques*

A Guarda Civil Metropolitana de Goiânia (GCM) encontrou, na manhã desta quarta-feira (23/01), o 3º corpo sem cabeça em menos de uma semana, em Goiânia. Conforme a corporação, desta vez o cadáver estava em uma rua do Conjunto Primavera. Nos últimos dez dias, duas cabeças humanas foram achadas sem o corpo, na Região Metropolitana da Capital. A Polícia Civil apura se os casos têm ligação entre si.

Segundo a GCM, o corpo estava enterrado, apenas com os braços e mãos para fora da terra. De acordo com a corporação, o cadáver foi encontrado durante buscas por um desaparecido.

O corpo foi encontrado na madrugada desta quarta-feira, na Rua CP-33, no Conjunto Primavera, que fica na região noroeste de Goiânia. A Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH) e o Instituto Médico Legal (IML) foram acionados e trabalham para investigar o que pode ter ocorrido e identificar a vítima. 

Relembre os casos

No dia 13 de janeiro, na porta de um shopping de Goiânia, uma cabeça humana foi encontrada. O crânio tinha a inscrição "TD2" na testa, que sigla utilizada por facções criminosas que significa "tudo dois" e quer dizer "tudo em paz". A cabeça foi reconhecida visualmente pela família, mas não foi identificada oficialmente pelo IML. 

Corpo foi encontrado boiando no Rio Meia Ponte, também na região norte de Goiânia, no dia 17 de janeiro, a poucos quilômetros do local onde a primeira cabeça foi encontrada. A delegada Myrian Vidal, da DIH, informou que o corpo foi identificado por meio de impressão digital e trata-se da vítima cuja família identificou a cabeça, mas que ainda não foi identificada oficialmente.

Na segunda-feira (21), um corpo sem cabeça foi encontrado em uma rua de Hidrolândia, também na Região Metropolitana da capital.

Uma segunda cabeça humana, em estado de decomposição, foi encontrada na Avenida Bela Vista, na Vila Brasília, em Aparecida de Goiânia, a cerca de 30 km do local onde o corpo foi encontrado em Hidrolândia. 

(62) 3095-8700