A PHP Error was encountered

Severity: Notice

Message: Use of undefined constant v - assumed 'v'

Filename: controllers/noticia.php

Line Number: 85

CIDADES - Caiado e Iris levam obras de saneamento básico para região Noroeste de Goiânia
Quarta-feira, 13 de novembro de 2019
GOIÂNIA-GO
{{tempo.temperatura}}°

Cidades

Caiado e Iris levam obras de saneamento básico para região Noroeste de Goiânia

Postado em: 09-11-2019 às 10h45
Durante a solenidade, Ronaldo Caiado e Iris Rezende também criticaram a decisão do STF que resultou na liberdade do ex-presidente Lula - Foto: Prefeitura de Goiânia

Leandro de Castro

O governador Ronaldo Caiado (DEM) e o prefeito Iris Rezende (MDB) assinaram na manhã deste sábado (9) a ordem de serviço para o início das obras de rede esgoto na Região Noroeste da capital. A solenidade foi realizada na Avenida do Sol Nascente, no Jardim Nova Esperança. A ação é uma parceria entre o Governo de Goiás e a prefeitura de Goiânia.

Em seu discurso, Caiado reforçou a importância do convênio firmado entre o Executivo estadual e municipal e destacou que cerca de 12 residências devem ser beneficiadas com a iniciativa.  “Essa obra está prometida há muitos anos, então hoje a parceria do Governo do Estado com a Prefeitura de Goiânia vai viabilizar a realização dela. Não é algo que vai ser prometido, será cumprido. As máquinas já estão aqui e este trabalho já vai ser instalado a partir de hoje”, disse o democrata afirmando que outras regiões também serão contempladas.

“Nós vamos atingir mais de 12 mil residências e vários bairros nessa região, mas esse trabalho será ampliado para outros bairros também. Essa é a maneira de nós trabalharmos. O contrato já foi assinado, a licitação já foi feita e todo o maquinário já está aqui para o início das obras”, frisou.

O prefeito Iris Rezende também ressaltou a necessidade da obra e enalteceu a ação do governo estadual. “Eu fiquei extremamente grato quando tomei conhecimento da atitude de Caiado de levar a frente um projeto que atende bem toda a região Noroeste de Goiânia na área de saneamento básico. Essa obra vem dar dignidade para toda população dessa região”, declarou.

Com relação à nova concessão da Saneago, Caiado disse que o Governo de Goiás tem “tranquilidade” para tratar do assunto com a prefeitura de Goiânia. “Em primeiro lugar quero dizer que eu o Iris temos total harmonia e uma tranquilidade enorme para tratar as coisas. Por isso, nós vamos sentar e discutir essa questão”, pontuou. 

Parceria

Em seu discurso, Caiado também ressaltou a parceria com a prefeitura de Goiânia e reforçou que o prefeito Iris continuará à frente da administração na Capital no próximo mandato. “Nós estaremos juntos em todas as nossas ações. Eu só quero fazer uma correção: eu estarei com você nos próximos três anos e dois meses do nosso Governo, porque você ainda vai administrar pelos próximos cinco anos a prefeitura de Goiânia. Esse é o sentimento do povo que não quer mais conviver com quem não tem respeito pelo dinheiro público”, disse. 

Liberdade do ex-presidente Lula

Durante a coletiva de imprensa, o governador Ronaldo Caiado e o prefeito Iris Rezende avaliaram a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que resultou na liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, solto na tarde desta sexta-feira (8). Para Caiado, a soltura do petista representa um sentimento de “frustração” para os brasileiros. 

“Essa decisão é uma frustação enorme para a grande maioria da população brasileira, mas eu acredito que o Congresso Nacional deverá encaminhar com certa celeridade a PEC que define que a segunda instância será suficiente para que as pessoas sejam penalizadas pelos crimes praticados, podendo, assim, serem presas sem precisar aguardar o trânsito em julgado que na maioria das vezes só serve para procrastinar e cada vez mais e criar uma situação de insegurança perante a sociedade”, avaliou.

O prefeito Iris Rezende também criticou a decisão. Para ele, a determinação do STF fere a dignidade do povo brasileiro. “Os Poderes Constituídos deste País tem que tomar cuidado para determinadas decisões, porque o povo brasileiro pode botar fogo nesse país se continuarem governando como se fosse uma brincadeira. As pessoas cometeram crimes horríveis, roubaram o povo e de repente vem uma decisão como se não estivesse acontecido nada. Não podemos permitir que a dignidade do nosso povo seja agredida”, criticou. 

 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar