Política

Balanço de 2020: 25 mil presos, 56 toneladas de drogas e R$ 700 mi recuperados em Goiás

Postado em: 25-01-2021 às 10h08
"Em 68 municípios goianos não houve homicídios e 16 não houve registro nenhum de crime violento", afirmou o secretário de Segurança Pública Rodney Miranda | Foto: Nielton Soares

Nielton Soares

O Governo de Goiás divulgou na manhã desta segunda-feira (25) o balanço da Secretaria Segurança Pública (SSP-GO). De acordo com os dados, os números de homicídios e roubos no último ano foram os menores, desde a criação do Observatório de Segurança Pública, em janeiro de 2011. O governo informou que os dados seguem tendência de redução apresentada em 2019.

O secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, fez a apresentação e acerca dos crimes violentos houve quedas. Esse tipo de crime engloba homicídios (-9,39%), latrocínios (-22%) - roubo seguido por morte - e lesão corporal seguida de morte (-38,9%).

Em relação aos Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP), de acordo com os dados da SSP-GO, a queda foi de mais de 38%. Essa modalidade inclui, por exemplo, os roubos de veículos, que diminuíram 40,2%, a transeuntes, que caíram 35,4%, em residência recuaram 35,3% e os roubos em comércios, que reduziram 28%.

Acerca do combate à corrupção, o secretário informou que há aproximadamente em recuperação R$ 700 milhões, referente ao combate aos desvios de recursos públicos. Miranda destacou ainda os registros negativos em 16 municípios, os quais não tiveram  nenhum crime violento e 68 não houve homicídios.

Investigações

O secretário destacou ainda o trabalho de investigação. Segundo ele, em 2020, houve aumento de 60,34% na quantidade de inquéritos policiais instaurados. Além disso, no último ano foram emitidos 58.661 laudos de criminalística e 47.885 laudos da medicina legal conclusos.

"Todos os crimes em Goiânia foram elucidados", afirmou Caiado. Questionado sobre crimes sem solução em Aparecida, o governador deixou a resposta ao secretário. A pergunta em questão foi sobre o assassino do soldado da Polícia Militar de Goás (PM-GO), Walisson Miranda Costa, aos 28 anos, em 22 de setembro de 2019. Segundo Rodney, as investigações estão avançando e sendo acompanhadas de perto por ele. 

Seja o primeiro a comentar

Fazer comentário

Acesse sua conta para comentar, é rápido e gratuito.

Inscreva-se na newsletter e receba

conteúdo exclusivo

Digite aqui o que deseja pesquisar