Coluna

Balestra: “tenho preferência por qualquer um dos três”

Publicado por: Sheyla Sousa | Postado em: 23 de março de 2018

O deputado federal Roberto Balestra confirma que o PP não
tem pressa para tomar decisão sobre o caminho a ser seguido na eleição deste
ano, com antecipado aqui. A espera foi definida em reunião realizada nesta
semana na sede do partido, em Brasília, com os deputados Balestra, Sandes
Junior, além do presidente nacional Ciro Nogueira, ministro Alexandre Baldy
(Cidades) e o senador Wilder Morais. A indicação era, no entanto, de que
Balestra, assim como Sandes, tivesse preferência por permanecer na base aliada
ao PSDB em Goiás, com apoio à pré-candidatura de José Eliton, em detrimentos
dos pleitos dos opositores Daniel Vilela (MDB) e Ronaldo Caiado (DEM). Mas ele
nega. “Eu, até agora, tenho preferência por qualquer um dos três”, disse ontem
à Rádio Sagres 730. “Eu tenho preferência para ser um bom parlamentar e,
logicamente, todos têm sua importância. Neste momento, o partido participa da
base, mas na convenção, não sei que decisão tomaremos. O tempo é o senhor da
razão”, define Balestra.

Contraponto

Diante das declarações de Roberto Balestra, o deputado
federal Sandes Junior reagiu e buscou mostrar publicamente posição mais
governista. Ele segue no exercício do mandato enquanto Baldy continuar no
Ministério das Cidades.

Lados

“Eu e o ministro Baldy temos preferência por continuar na
base e vamos apoiar a pré-candidatura de José Eliton. Vamos ficar com ele”,
disse Sandes à Coluna.

Concurso confirmado

O presidente da Câmara de Vereadores de Goiânia, Andrey
Azeredo (MDB), assinou ontem aditivo a um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC)
firmado com o Ministério Público de Goiás em 2016 para a realização de um novo
concurso público no órgão. No documento firmado, a presidência do Legislativo
municipal assume o compromisso de, no prazo máximo de 30 dias, contratar
instituição destinada à realização do certame para provimento dos cargos de seu
quadro de pessoal. O edital do concurso deverá ser publicado até 1º de
julho. O aditivo foi firmado por Andrey Azeredo com a promotora Villis
Marra, titular da 78ª Promotoria de Justiça de Goiânia, especializada na defesa
do patrimônio público. O TAC inicial havia sido celebrado em dezembro de 2016.
Para viabilizar a contratação mais ágil da instituição organizadora do certame,
é prevista no aditivo a possibilidade de dispensa de licitação. A previsão é
que o concurso seja realizado para vagas criadas recentemente pela Lei nº
10.137/2018, que também autorizou a realização do certame.

CURTAS

Mobilidade – A
Câmara de Goiânia recebe especialistas às 14h30 para minicurso sobre
“Mobilidade Urbana”, voltado para o Plano Diretor da Capital.

Nova sede –   Iris Rezende assinou cessão de uso de área no
Setor Pedro Ludovico para a nova sede da SMT. A nova estrutura deve funcionar
em quatro meses. 

Qualificação
Agehab e Ministério das Cidades realizaram capacitação para prefeitos e
técnicos de 35 municípios sobre o cadastramento ao programa Cartão Reforma.

Repeteco

Mais uma vez, faltou quórum para continuar votações no
plenário da Assembleia Legislativa na sessão de ontem. Pela quarta vez, ficou
na pauta o projeto do governo que dá perdão de dívidas de ICMS da Celg-D
anteriores a 2015.

Opinião

Em retorno à cidade natal, o ex-ministro do TSE, Joelson
Dias, defendeu ontem em Goiânia o direito do ex-presidente Lula ser candidato.
“É preciso garantir o direito à ampla defesa. Quem tem de tomar essa decisão
não é a Justiça. É o povo”.

Adiado

O Supremo Tribunal Federal adiou para 4 de abril o
julgamento do habeas corpus pedido pela defesa de Lula. O ex-presidente afirmou
que não trabalha com “expectativas”, sobre a tendência de nova rejeição da
requisição.

Ao trabalho

Depois de oito meses, as obras do BRT Norte/Sul foram
retomadas na tarde de ontem na região do Setor Balneário Meia Ponte, em Goiânia.
O trecho Sul, no entanto, deverá passar por nova licitação.

Tudo parado!

O prefeito Iris Rezende deu mais detalhes de como
assumiu a gestão, em janeiro de 2017. “Encontrei praticamente todas as obras
paradas. Quando assumi a prefeitura, a cidade estava cheia de buracos”, admitiu
em entrevista à TV Record.

Contra faltas

Projeto do deputado estadual Karlos Cabral (PDT) propõe a
implantação de ponto eletrônico para médicos e enfermeiros da rede estadual de
saúde de Goiás.

 

Compartilhe: