Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Coluna

Câmara vai antecipar eleição da Mesa Diretora

Publicado por: Sheyla Sousa | Postado em: 13 de novembro de 2018

Com o aval da
Procuradoria da Câmara de Goiânia, vai a plenário, hoje, projeto de resolução
que altera o regimento interno da Casa, antecipando a eleição da Mesa Diretora,
do dia 27 de dezembro, para 1º de dezembro, e ainda cria uma comissão de
transição. Autor da proposta, o vereador Vinícius Cirqueira (PROS) considera
plausível um prazo maior de interlocução. “Para que a mesa recém-eleita tenha
acesso a informações inerentes ao funcionamento dos órgãos, situação fiscal,
recursos disponíveis e outros temas relevantes para a tomada de decisões dos
novos gestores”. Cirqueira cita que assim como a transição é estabelecida no
âmbito do governo federal, a Câmara precisa estabelecer essa prática. Considera
que a Casa lida com volume expressivo, superior ao de boa parte dos municípios
goianos. Por sondagem, o projeto será aprovado.

Na gaveta

Continua após a publicidade

Enquanto isso,
adormece na gaveta da Mesa Diretora, a proposta do vereador Carlin Café, que
transfere a eleição para o dia 1º de fevereiro de 2019.

Escanteio

De quebra, essa
alteração tiraria do processo de votação Jorge Kajuru, eleito senador,
Elias Vaz, eleito federal, e Alysson Lima, Eduardo Prado e o próprio Vinícius
Cirqueira, eleitos deputados estaduais.

Libras: da campanha
eleitoral para o cinema

Durante a campanha
presidencial, intérpretes da Linguagem Brasileira de Sinais (Libras) ganharam
destaque na TV, nos programas do horário da propaganda eleitoral. Trata-se de
uma determinação do TSE. Agora, a Assembleia Legislativa se antecipa e deve
aprovar na sessão de hoje, projeto de lei prevê a 
adoção de linguagem compreensível às pessoas com deficiência auditiva e
visual em peças teatrais e em cinemas. Autor da proposta, o deputado Marlúcio
Pereira (PRB) diz que as pessoas com algum grau de dificuldade se sentem sem
acesso aos serviços, desrespeitadas no seu direito de ir e vir. “Os portadores
de deficiência visual e auditivos simplesmente são excluídos de grande parte da
produção cultural, por falta de um recurso simples que lhes daria acesso a
essas criações por meio da narração das imagens”. Para o parlamentar, o
preconceito ficou tão natural, como quando um deficiente físico é carregado
para entrar no ônibus que não tem elevador, que as pessoas não percebem como
preconceito.

CURTAS

Goiás
está fora do alerta do Ministério da Saúde, que trata da recomendação para
vacinação contra a febre amarela, antes do início do verão. Mas nosso vizinho,
Minas Gerais, está na lista.

Por não ter sido
reeleito deputado federal, Giuseppe Vecci deixa a presidência do diretório do
PSDB sem pensar em reeleição.

Está na pauta de
hoje, da Câmara de Goiânia, decreto legislativa que concede cidadania
goianiense ao secretário municipal de Finanças Alessandro Melo, de iniciativa
do vereador Tiãozinho Porto (PROS)

Multa alta

O prefeito Iris
Rezende estipulou, por meio de projeto de lei multa de R$ 500 a R$ 2 mil a quem
infringir a lei que visa combater poluição visual nas avenidas Anhanguera e 24
de outubro, e em vias com traçado tombado pelo Iphan. Proposta tramita na
Câmara de Goiânia.

Caiado com Ary

Ex-governador Ary Valadão, que comando
Goiás, de 1979 a 1982, escolhido pelo então presidente Ernesto Geisel, recebeu
ontem a visita do governador eleito Ronaldo Caiado.

Centenário

Valadão completa hoje 100 anos de vida,
mas Caiado decidiu antecipar as felicitações e convidá-lo para a sua posse, no
dia 1º de janeiro, em nome da amizade das famílias deles dois.

Voo pra China

Os secretários Alessandro Melo, de
Finanças de Goiânia, e Paulo Ortegal, de Governo, vão empreender viagem à
China. Portaria publica ontem no Diário Oficial diz que o objetivo é captar
investimentos do país asiático.

Honraria

Procuradores do Estado
receberão, hoje, homenagem da Câmara de Goiânia, por sugestão do vereador
Vinícius Cerqueira. Ontem, o governador José Eliton recebeu profissionais da
categoria para parabenizá-los pela data.

Projeto pet


 Após aprovar a lei que cria
hospital público veterinário, em Goiânia, a Câmara de Vereadores propõe agora
uma farmácia para animais domésticos.