Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Coluna

Ciro: “imposições pelo RRF são negativas aos estados”

Publicado por: Sheyla Sousa | Postado em: 26 de julho de 2019

O ex-presidenciável Ciro Gomes (PDT) confirma a impressão
pessimista de parte da base aliada ao governador Ronaldo Caiado (DEM) sobre a
adesão de Goiás ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF). Para o ex-ministro e
ex-governador do Ceará, as determinações da Lei Complementar 159/2017 são prejudiciais
à gestão pública a médio e longo prazo. “É negativo porque o desenho que o
governo federal tem imposto aos estados é muito amargo e não resolve o
problema. Quem quiser duvidar disso, veja o que está acontecendo no Rio de
Janeiro, Minas Gerais e Rio Grade do Sul, que são os que estão em situação mais
delicada”, afirma. Ciro aponta que Goiás tem “uma economia pujante” e que “a
questão fiscal tem solução “antes de entrar na venda de ativos”. “Portanto, eu
gostaria, amigo Ronaldo Caiado, que vocês achassem um caminho sem sacrificar
mais ainda essa gente de Goiás”.

A todos

Ciro Gomes diz ser amigo de todos os principais líderes
políticos históricos do estado. “Sou amigo do Iris, do Ronaldo e fui do
Marconi. Na verdade, continuo sendo amigo do Marconi”, contou à Rádio Sagres
730.

Continua após a publicidade

Na garra

Mesmo sem ter certeza sobre possível apoio institucional e,
principalmente, financeiro do governo estadual, a comunidade local da Cidade de
Goiás tem se unido para realizar o FICA 2019 no segundo semestre.

Articulação

“Buscamos ainda parcerias e o momento para realizar, discutindo
com ambientalistas, cineastas e quem participa do festival”, conta o secretário
Edval Lourenço (Cultura).

Cada passo

Depois de oficializar a escolha do nome do filho Eduardo
para a embaixada do Brasil nos EUA, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) começa a
articular os votos necessários para a aprovação da indicação no Senado.

Troca

Governistas já adiantam conversas para que membros do PSDB
na Comissão de Relações Exteriores da Casa sejam substituídos para aumentar o
número de votos a favor de Eduardo Bolsonaro na sabatina.

Energia na saúde

O governador Ronaldo Caiado reclama do atraso na instalação
de energia elétrica na Policlínica de Posse – a primeira pronta para ser
entregue. A previsão de inaugurar no fim deste mês será frustrada.

Serviço

Quando o governo fez solicitação à Enel para ligação no
local, a reposta foi de que o prazo mínimo é de 120 dias para a instalação,
como ocorre com qualquer outro cliente. Caiado não gostou.

Reclame aqui

“Vou tomar as devidas providências e levar ao conhecimento
da Aneel, como forma de dizer que nós não vamos admitir e vamos exigir uma
resposta imediata”, bradou Caiado.

CURTAS

– O Sesc abriu inscrições de oficinas criativas para atores,
bailarinos, estudantes e interessados em teatro.

– Termina segunda-feira (29) a renegociação da dívida
do FIES para quem contratou até 2017.

– O viaduto nas avenidas São Paulo, Rudá e
Tapajós, em Aparecida de Goiânia, será fechado aos domingos para o lazer.