Coluna

Estado vai abrir 1,9 mil vagas de concursos em 2022

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em: 08 de outubro de 2021

Ao longo de 2022, o governo de Goiás listou a abertura de 1.901 vagas com a realização de concursos públicos, sendo 1.405 na área de Segurança Pública, conforme prevê o projeto de Lei Orçamentária do Estado para o próximo ano, e que foi lido ontem no plenário da Assembleia Legislativa. São 720 vagas para soldados, 150 oficiais, 350 agentes e 100 escrivães da Polícia Civil. Para a Superintendência da Policia Técnico-Cientifica, 20 vagas para auxiliares de autópsias, 10 de peritos e 35 para médicos legistas. Há certames previstos também para a Secretaria de Administração (329 vagas), Procuradoria (32), de auditores fiscais (28), UEG (94 professores) e Goinfra (10 engenheiros). 

Data-base  

Por decisão da mesa diretora da Câmara de Goiânia, os servidores da Casa terão seus salários reajustados, com a revisão geral anual, que deve vigorar ainda este ano. Percentual deve cobrir a inflação do período. 

Relatório  

Os investimentos da prefeitura de Goiânia em Saúde ultrapassaram em 30% o mínimo constitucional, que é de 15%, que chegam a R$ 498 milhões, em 2021, conforme relatório que Rogério Cruz apresentará hoje, na Câmara de Goiânia.  

Liderança  

Com a adesão de Talles Barreto à base aliada, a tucana Lêda Borges assume a liderança da bancada de oposição na Alego, nas orientações sobre votação de matérias do governo  

Fora do PSL 

Confirmada a fusão do DEM com o PSL, os deputados Delegado Humberto Teófilo e Major Araújo estão fora do partido pelo qual foi eleito Jair Bolsonaro. Querem que sejam anunciados como sem partido. 

Top secret  

Parlamentares goianos que apostam em emendas para a compra de tratores para suas bases eleitorais, viram cair por chão a ideia de entregar esses equipamentos, com a determinação do TCU em suspender a compra desses veículos. 

Na lista 

Dos citados no orçamento secreto do governo Bolsonaro, estão os deputados federais José Nelto (Podemos), Major Vitor Hugo (PSL) e Lucas Vergílio (SD). 

Enquadramento  

O Ministério Público Federal, em parecer do STF, se coloca contra recurso da Alego, que questionou decisão do Tribunal de Justiça, que proibiu o enquadramento de servidores de carreiras de outros órgãos no quando de pessoal da Secretaria da Economia.  

Na conta 

Após demanda do jurídico do Sindifisco-GO, em reunião com o presidente do TJGO, Carlos França, a Unidade Processamento Judicial da Fazenda Pública expediu quase 6 mil requerimentos de pequeno valor em apenas um mês. Os créditos, de R$ 55,4 milhões, beneficiaram 8.76 mil pessoas, entre idosos, doentes terminais e vulneráveis. 

CURTAS 

– Quatro anos depois de ser abolida, a propaganda partidária gratuita em rádio e TV está de volta em 2022. A matéria foi aprovada na Câmara Federal e segue agora ao Senado. 

Compartilhe: