Coluna

Governador Ronaldo Caiado respeitará “democracia interna de partidos”

Publicado por: Sheyla Sousa | Postado em: 10 de agosto de 2020

Depois de indicar aos presidentes de partido que assumirá
posição em municípios em que houver mais de um pré-candidato aliado, o
governador Ronaldo Caiado (DEM) aponta que critérios devam ser definidos para a
escolha. O principal deles será pesquisa eleitoral. Além disso, articuladores
governistas garantem que não haverá imposição de nomes mais próximos do
governador. “O governo tem estabelecido diálogo para, na medida do possível,
unir forças para as disputas”, afirma o secretário de Governo, Ernesto Roller.
Questionado sobre a participação direta de Caiado na escolha dos nomes, o
auxiliar nega que a decisão seja unilateral. “São posições partidárias e o
governador tem apreço pela democracia interna dos partidos. Mesmo assim, ele
tem mostrado a importância de fazer desse diálogo um instrumento de consenso
para fazer a maior quantidade possível e prefeitos”.

Gradativo

A Procuradoria-Geral de Justiça publicou ato que regulamenta
o retorno, de forma gradual e sistematizada, a partir de 2 de setembro, das
atividades administrativas presenciais no Ministério Público de Goiás.

Por partes

A retomada começará por turnos e, na terceira etapa, a
partir de 4 de outubro, com porcentual progressivo de retorno a ser definido
pela Subprocuradoria-Geral de Justiça para Assuntos Administrativos e com
possibilidade de acesso do público.

Na mesma

O acesso de integrantes e usuários está condicionado aos
protocolos sanitários da instituição, como a aferição da temperatura corporal e
uso de máscara.

Começou!

Depois de reclamar da falta de direção no DEM em Goiânia e
articulação praticamente nula, o vereador Wellington Peixoto aponta agora boa
perspectiva, depois das primeiras conversas com o presidente metropolitano,
Lívio Luciano.

Expectativa e
realidade

A intenção do governo, no início do ano, era formar bancada
com 10 vereadores e ampliar o número na eleição de novembro. Na prática, o
partido ficou meses sem presidente e conseguiu a filiação de quatro
parlamentares.

Agenda

O governador Ronaldo Caiado deve confirmar para esta semana
reunião com a bancada. “A primeira coisa que o governador me falou foi
perguntar se todos os quatro vereadores estão alinhados com Iris. Esta é a
prioridade”, conta Wellington.

Alternativa

No caso de o prefeito não ser candidato, o vereador aponta
que o DEM deve ter nome próprio. “Respeitamos o Wilder, mas defendo fortalecer
o nosso partido”.

Virada Ambiental

A Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa, em
parceria com UFG e AGM, lança amanhã a 2ª edição do projeto Virada Ambiental. Pelo
Youtube, às 10 horas, o
evento é alerta social para a conservação de recursos naturais. 

CURTAS

– Vereadores da base e da oposição entraram na briga para
permitir o funcionamento da Feira Hippie às sextas-feiras.

– Além da avaliação epidemiológica, o Paço demonstra que a
Praça do Trabalhador reformada deverá ter também outros usos.

– Projeto do deputado Virmondes Cruvinel (Cidadania) pretende instituir o crédito emergencial
como política pública.

 

Compartilhe: