Coluna

Indecisão de Lissauer em relação a PSD alivia alguns

Publicado por: Yago Sales | Postado em: 12 de março de 2022

A cúpula do PSD em Goiás foi surpreendida pelo interesse de Lissauer Vieira (ainda no PSB) de cavar uma vaga no TCE e deixar a vida política partidária. Era pelo partido de Vilmar Rocha que Lissauer, atual presidente da Alego, se candidataria a uma vaga na Câmara dos Deputados. E, diz-se nos bastidores, ganharia de braçadas. Vilmar Rocha, conforme fontes ouvidas pela Xadrez, ficou aborrecido com a possibilidade de perder Lissauer, que se filiaria à sigla. Rocha tem dito que Lissauer poderia, pelo menos, ajudar na composição de chapa de deputados estaduais e federais e articular amarras com outros partidos para a formação de uma chapa majoritária. De qualquer forma, com a desistência de Lissauer de entrar no partido, homens e mulheres com 40 ou 50 mil votos são atraídos à sigla e passam a sonhar. 

Nas alturas 

Sebastião Peixoto (prestes a se filiar no Solidariedade), pai do Bruno Peixoto e do Wellington Peixoto, pretende se candidatar ao Senado. “Claro, se tiver ruim vou me candidatar a deputado federal. Mas decido daqui dois meses”, disse. 

Bolso 

Sócio-proprietário de 12 postos de combustíveis, Sebastião Peixoto culpou o presidente Jair Bolsonaro (PL) pelo aumento dos combustíveis. “Ele podia mexer lá na Petrobrás e mudar isso. Não faz nada”, disse. 

Palanque (1)

A movimentação tucana em torno de Marconi Perillo (PSDB) reuniu aliados – moradores e lideranças da região Noroeste de Goiânia – em um evento do partido denominado Desperta Goiás.

Palanque (2)

Na sexta-feira, a deputada Adriana Accorsi (PT) discursou ao lado da presidente da CUT e do Sintego, Bia de Lima, na Assembleia da Educação em prol do piso salarial. Adriana é pré-candidata a deputada federal e aposta em Bia para a Alego.

Palanque (3)

O pré-candidato ao Senado Federal e presidente do Progressistas Goiás, Alexandre Baldy, não vai deixar de estar na entrega, no sábado, de 304 moradias, em Trindade. As construções fizeram parte do pacote de projetos de quando Baldy era ministro das Cidades do ex-presidente Michel Temer (MDB). 

Palanque (4)

Evangélico, o prefeito de Aparecida e pré-candidato ao governo, Gustavo Mendanha (sem partido), esteve com Dom João Justino, o novo Arcebispo de Goiânia. No encontro, o político discutiu a restauração do Santuário Nossa Senhora Aparecida. 

Curta

Mendanha convocou, para a manhã de segunda-feira, todos os vereadores de Aparecida para uma reunião. É possível que o ex-emedebista faça uma ponte entre os parlamentares e Vilmarzinho Mariano (Podemos), que assume a prefeitura a partir do dia 1° de abril. 

Compartilhe: