Coluna

João Doria entra na disputa com Caiado por Mandetta

Publicado por: Sheyla Sousa | Postado em: 08 de abril de 2020

Depois de acumular série de desgastes com o presidente Jair
Bolsonaro, por defender amplo distanciamento social para enfrentamento ao novo
coronavírus, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, passou a ter o passe
disputado entre os governadores de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), e de São Paulo,
João Doria (PSDB). Mesmo com o recuo de Bolsonaro no início da semana, a saída
do ex-deputado federal do governo segue fortemente cotada e a atuação dele é
elogiada pelos chefes dos Executivos estaduais, que gradativamente tentam se
apresentar como alternativas políticas ao presidente no cenário nacional. Por
isso, mas também com metas de fortalecimento local, Doria e Caiado têm motivos
e objetivos semelhantes para cortejar Mandetta. O ainda ministro tem contado
com o apoio dos comandos do Supremo Tribunal Federal e do Congresso, que se
manifestaram contra a demissão.

Paz na guerra

É a cúpula do exército quem tenta apaziguar os ânimos entre
governadores, ministro e presidente. Militares insistem que essa guerra não é
boa para ninguém. E alertam para a falta de opção, no caso de possível
substituição de Mandetta.

Alternativa

O ex-ministro Osmar Terra, um dos aliados que mais tiveram
acesso a Bolsonaro nos últimos dias e que busca assumir o lugar de Mandetta,
foi demitido do Ministério da Cidadania porque não dava resultado.

Estopim

A avaliação bolsonarista é de que o ministro adotou postura
arrogante. Participação dele na live da dupla goiana Jorge e Mateus teria sido
exposição exagerada.

Emergencial

A Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds) estima que
pelo menos 500 mil pessoas terão acesso em Goiás à renda emergencial de R$ 600
criada pelo governo federal. Os interessados já podem baixar aplicativo
destinado ao benefício.

Cadastro e renda

De início, 351.119 pessoas estão habilitadas a receber a
renda, por estarem incluídas no Cadastro Único (CadÚnico). No entanto, ao menos
outras 100 mil de baixa renda, fora de critérios anteriores, também deverão ser
atendidas.

Reforço

Iniciativas do Ministério Público Estadual, por meio de
promotorias de justiça de todo o Estado, já redenderam R$ 160 mil para o
combate ao coronavírus. Os recursos devem aumentar em breve, com a propositura
de mais acordos.

Crise agora

Empresas da Rede Metropolitana do Transporte Coletivo
publicaram nota em que alegam sofrer perda drástica de receita por conta da
pandemia de coronavírus e que a operação ocorre com apenas 19% da verba normal.

Providências

Diante disso, as concessionárias admitem o atraso de salário
dos funcionários. Disem ter pedido “socorro financeiro ao sr. governador”, que
não foi atendido.

CURTAS

– Decisão da Justiça bloqueou os fundos partidário e eleitoral
e liberou recursos para o combate ao coronavírus.

– Pelo decidido, a são “descabidas maiores considerações
sobre aquilo que é público e notório”, entendeu o magistrado.

– A prefeitura da
Cidade de Goiás baixou determinação que proíbe entrada de turistas no município
durante a Semana Santa.

 

Compartilhe: