Quinta-feira, 26 de janeiro de 2023

Coluna

Lula precisa do agro goste ou não falcões da esquerda

Publicado por: Wilson Silvestre | Postado em: 28 de novembro de 2022

O fato relevante é que o agro brasileiro foi bolsonarista e uma grande parcela, notadamente, a chamada classe média rural continua temendo o futuro com Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Os falcões da esquerda torcem o nariz para essa massa preferindo conversar diretamente com as grandes empresas exportadoras, entretanto, sem a maioria dos pequenos e médios produtores, o país seria mais um importador de alimentos. Essa gente é o principal ativo político que Lula busca para dialogar e, por meio do atual presidente da bancada ruralista, Sergio Souza (MDB-PR) e com o futuro presidente, Pedro Lupion (PP-PR) vai abrir caminho par uma ‘prosa’. Por enquanto as conversas vão ser com os integrantes da equipe de transição como José Guimarães (PT-CE) que até sugeriu um entre eles. O próprio Lula reconhece que a bancada do agronegócio continua ressentida com a derrota de Jair Bolsonaro (PL vai demorar a digerir a derrota.

Faca entre os dentes

Ainda existe algumas brasas por baixo das cinzas na aprovação da taxa para o Fundoinfra ou taxa do agro na Alego. Para a maioria dos produtores goianos, é um fato consumado e a vida segue, mas tem gente que ainda permanece com a faca entre os dentes: quer discórdia política. Querem um culpado além do governador Ronaldo Caiado e vão continuar a cizânia nos bastidores da política.

Continua após a publicidade

Pedido ignorado

Tudo indica que o apelo feito pelo PT por meio do vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin para adiar a eleição para presidente do Conselho Nacional do Sebrae não vai acontecer. O PT quer indicar pessoas ligadas ao partido, mas os estatutos estabelecem eleições de quatro em quatro anos em data impreterivelmente marcada para 29 de novembro. Não há tempo hábil.

José Mário no Sebrae

O mesmo ocorre com a eleição para presidente do Conselho do Sebrae-Goiás. Na quarta-feira (30), o Conselho se reúne para escolher o novo presidente que vai substituir o atual, Ubiratan da Silva Lopes. O nome do presidente da Faeg, José Mário Schreiner será referendado pelo Conselho e assume a presidência em 2 de janeiro de 2023.

Fórum dos governadores

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB) quer reunir os governadores com o presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Ibaneis gostaria que o presidente participe da reunião com os governadores no próximo dia 7 de dezembro. Na agenda, o principal tema é o limite de cobrança de ICMS dos combustíveis.

Policarpo articula

Correndo risco em perder o cargo de presidente da Câmara de Vereadores na justiça, Romário Policarpo (Patriota) articula, caso seja afastado em definitivo, ter um substituto afinado com seu estilo. O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos) já teve uma conversa com Romário e afinaram a estratégia para que a escolha seja um nome que esteja em sintonia com os dois.