Coluna

Raquel Teixeira é cabo eleitoral em Goiás de Eduardo Leite

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em: 11 de agosto de 2021

A ex-deputada federal pelo PSB, Raquel Teixeira, atual secretária de Educação do Rio Grande do Sul, é, por motivos óbvios, uma das entusiastas da pré-candidatura presidencial do governador tucano Eduardo Leite, que, antes, terá de passar pelas prévias do partido, no dia 21 de novembro. Na vinda de Leite a Goiânia, em busca de votos, Raquel foi a anfitriã e registrou o encontro em suas redes sociais. Ela articula para o chefe vencer em Goiás e já contabiliza os votos dos deputados Célio Silveira e Gustavo Sebba, e da vereadora Aava Santiago, mas não o do ex-chefe Marconi Perillo, que pode apoiar o governador João Doria (SP). 

Bronca  

Coube à vereadora tucana Aava Santiago não deixar passar em branco a repercussão do caso envolvendo a colega Lucíula do Recanto (PSD) e o deputado Amauri Ribeiro (Patriota). Ela criticou a mesa diretora por tratar o assunto como periférico. 

Tumulto  

Após bater boca contra o vereador Clécio Alves (MDB), na sessão de ontem na Câmara de Goiânia, o ex-vereador Djalma Araújo, assessor de Mauro Rubem (PT), vai responder a processo disciplinar e pode perder o emprego. 

Taxa abusiva 

A cobrança de despesa de diárias e remoções de veículo apreendido ou removido não poderá exceder 20% de seu valor, diz projeto do deputado Delegado Humberto Teófilo (PSL), que desconfia de cartel no setor de leilões. 

Comitiva  

Defensor de candidatura própria ao governo, o deputado Paulo Cezar Martins (MDB) acompanhou comitiva de mulheres do partido ao prefeito Gustavo Mendanha, que comunga com o parlamentar e não quer a sigla na garupa de grupos políticos. 

Posse  

Com a licença por 121 dias do vereador Anderson Bokão, assume mandato, em Goiânia, o suplente Sebastião Peixoto (DEM), que presidiu o IMAS e foi alvo de ação do Ministério Público. 

Pressão militar 

Após a passagem do comboio das Forças Armadas, pela Praça dos Três Poderes, em Brasília, o deputado Major Vitor Hugo (PSL) apostava na aprovação da PEC do Voto Impresso, dizendo que a pressão das redes sociais estava dando certo. 

Quem é quem  

Mesmo entendendo que as ações de Jair Bolsonaro visam minar as instituições, enfraquecê-las “e golpear a democracia, ele diz ter dúvida de que é o presidente que usa as Forças Armadas, ou é o contrário. 

Êxito 

Com o diploma cassado pela Justiça Eleitoral, o deputado federal Professor Alcides (PP) vai entrar com recurso especial no TSE. Aposta que continuará no cargo e vai à reeleição, em 2022. 

CURTAS 

– O governo estadual criou incentivo à alfabetização, com prêmio de R$ 40 mil a R$ 80 mil. 

– Confusão ainda reina em São Simão, depois da prisão do prefeito Francisco Assis Peixoto (PSDB). O vice, Fábio Capanema, teima em não assumir mandato. 

Compartilhe: