SMS alerta sobre o uso de armadilhas para o Aedes

Postado em: 22-03-2016 às 06h00
Por: Sheyla Sousa

O uso de armadilhas caseiras para a captura do mosquito Aedes Aegypti está muito comum entra a população, porém muitos não sabem que esta artimanha ao invés de proteger, pode trazer mais riscos para dentro de casa. Segundo o biólogo e gerente de animais sinantropicos, Welington Tristão da Rocha, as armadilhas não foram feitas para diminuir o número de mosquito, a função é o monitoramente feito por pesquisadores para controlar a quantidade de mosquitos. “Existe uma ideia errônea que a armadilha é a solução do problema.”  

Se usada de maneira incorreta a cilada pode virar um criadouro. O ponto positivo desse método aparece somente se for usado pelo poder público. O biólogo explica que algumas armadilhas são para atrair a fêmea. Ela faz a ovulação e as larvas ficam presas. Porém, uma característica do Aedes é que o mosquito distribui a ovulação não em um só lugar, mas em vários. Com isso as chances de o morador ser picado e contrair, não somente dengue, mas também zika e chikungunya são grandes. “devemos acabar com a epidemia, não atraí-la”, comenta.  

A quantidade de famílias que utilizam a armadilha caseira existe, no entanto é mínima. Contudo, Welington adverte para o não uso do método. Ele esclarece que o problema está na pessoa que não possui o treinamento devido para fazer os reparos e monitoramento.  

O gerente,por fim, alerta que a solução é evitar o criadouro. “Se a pessoa fizer um monotiramente semanal de 20 minutos já ajuda bastante”, pondera. 

Redução

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES) foi encontrado 61% menos focos do mosquito da dengue neste ano. A operação Goiás contra Aedes diminuiu a proliferação da infecção para 1,53% neste mês. O índice no mês de janeiro registrava 3,99%.  

Multas 

O projeto aprovado pela Câmara no início desse mês, que visa o aumento das multas para as residências que tem foco do mosquito entrou em vigor ontem, 21.

Valor da penalidade por reincidência de foco de dengue foi aumentado devido à falta de conscientização da a população. Os caso de reincidência de focos eram altos. O  valor da multa  pode varias de R$ 1.900 a R$ 17 mil dependendo dos casos. (Elder Dorneles) 

Compartilhe: