IML: Jogador da Portuguesa, Lucas Santos, morreu por congestão

Laudo da perícia técnica aponta que Lucas morreu por asfixia por regurgitação de alimento

Postado em: 21-10-2016 às 08h00
Por: Renato
Laudo da perícia técnica aponta que Lucas morreu por asfixia por regurgitação de alimento

Da redação
O laudo divulgado pela perícia do Instituto Médico Legal (IML), apontou como congestão a causa da morte do jogador de futebol da Portuguesa, Lucas Jesus dos Santos, 16. De acordo com o exame, o adolescente morreu asfixiado por regurgitação de alimento. O laudo toxicológico irá indicar se ele ingeriu bebida alcoólica ou outro tipo de droga.

O corpo de Lucas foi encontrado no fundo de uma piscina por funcionários do Clube do Canindé, Zona Norte de São Paulo, na última quinta-feira (20).

Relembre

Continua após a publicidade

Na noite da última quarta-feira (19), o jogador  participava de uma festa com colegas do time de integrantes da comissão técnica. A equipe comemorava a vitória sobre o time de Água Santa.

Segundo o laudo, Lucas passou mal após comer churrasco e foi retirado da água por colegas. Ainda é desconhecido o motivo que o levou  a voltar à piscina. Colegas do jogador disseram que sentiram a falta de Lucas quando pretendiam tirar fotos e, como não o encontraram, pensaram que ele tivesse ido embora.

Em nota, a equipe da Portuguesa afirmou nesta quinta-feira (20) que está colaborando com a polícia para investigar o ocorrido.

Leia a nota na íntegra:

"A Associação Portuguesa de Desportos vem a público lamentar a morte do atleta Lucas Jesus dos Santos, que defendia atualmente a equipe sub 17. O clube está empenhado neste momento em colaborar com as autoridades policiais para a investigação e elucidação dos fatos e também prestará todo o apoio necessário aos seus familiares".
 

Veja Também