Sinalização será concluída em 3 meses, diz Paço

Motoristas devem redobrar a atenção para evitar acidentes em ruas não sinalizadas

Postado em: 07-07-2021 às 08h00
Por: Daniell Alves
Motoristas devem redobrar a atenção para evitar acidentes em ruas não sinalizadas | Foto: Reprodução

O plano de sinalização nas ruas de Goiânia deve ser concluído até outubro deste ano, adiantou o secretário municipal de Mobilidade, Horácio Mello, em entrevista coletiva realizada ontem (6). Enquanto isso, a recomendação é que os condutores redobrem os cuidados nas vias que ainda não estão sinalizadas de forma adequada. 

São cerca de 630 quilômetros de vias para receberem os serviços. “Para a sinalização ter chegado antes, as ruas teriam que ser fechadas. Não tem como fechar 200 quilômetros de rua na cidade. O asfalto é feito em três etapas. Após a microesfera será feita a sinalização. Nos espaços urbanos, quando se asfalta, é necessário esperar. Pintar a rua no mesmo dia é jogar dinheiro fora”, explicou o secretário. 

Aqueles locais que ainda não possuem sinalização, a recomendação é para se ter atenção redobrada. “Quem se habilitou sabe que, em ruas não sinalizadas, a atenção deve ser maior. Nós temos mais de 250 mil multas aplicadas esse ano por excesso de velocidade em ruas sinalizadas”, disse. A previsão da pasta  é que meio milhão de multas sejam aplicadas até o final do ano. 

Continua após a publicidade

Conta própria 

Em alguns bairros que já estão asfaltados há meses, moradores resolveram realizar a sinalização por conta própria. Contudo, Horácio alerta que a prioridade é nas ruas que têm maior circulação. “As ruas mais adensadas, com maior movimentação e maior número de pedestres são prioritárias neste primeiro momento após o asfalto. A sinalização vai chegar em todas as ruas”, informou. “Quando você faz a sinalização por conta própria é um ato errado. Existem normas para isso. Isso pode provocar acidentes”, alertou. Para esta quarta-feira (7), estão previstos serviços de sinalização em 12 pontos de Goiânia. 

Manutenção

Na última segunda-feira (5), foi realizado o trabalho de manutenção em diversas vias da cidade. Equipe de iluminação pública da Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana (Seinfra) realizou serviços nos setores Buena Vista, Parque Nova Esperança e outros bairros, de acordo com a demanda da população.

Já o Projeto 630, de reconstrução asfáltica, atuou na Alameda das Rosas (Setor Oeste), Rua T-47 (Setor Bueno), Alameda Flamboyant (Setor Itatiaia), avenidas New York e Juiz de Fora (Jardim Novo Mundo) e Rua Flemington e Av. Marechal Deodoro (Jardim Planalto).

A limpeza nas bocas de lobo foi realizada nos setores Sul, Cidade Jardim, Pedro Ludovico, Vila Pedroso, Residencial Sonho Dourado, Recanto das Minas Gerais, Residencial Dezopi, Jardim Curitiba, Vila Maria Dilce, Santos Dumont, Veredas dos Buritis e Jardim Europa.

A Seinfra também mantém equipes cuidando de galerias de água pluvial, contenção de erosões e terraplanagem espalhados pela capital. 

Orientações

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) alerta sobre o que deve ser feito para reduzir o risco de acidentes no trânsito: respeitar os limites de velocidade, manter distância de segurança em relação aos demais veículos, ultrapassar apenas quando houver plenas condições de segurança e não desviar a atenção do trânsito. A corporação também orienta os usuários das rodovias, mesmo antes de viagens curtas, a fazer uma revisão preventiva do veículo, o que inclui a checagem dos pneus, do sistema de iluminação, dos equipamentos obrigatórios, do nível do óleo e do radiador, entre outros itens.

Em qualquer caso de autuação, o motorista pode verificar a validade do registro da infração. A contestação das penalidades aplicadas é direito de todo motorista, independentemente da gravidade da infração cometida. Para saber se a autuação foi registrada de forma válida, o condutor deve entrar com recurso. Para recorrer da multa aplicada pela Lei Seca, o motorista recebe, inclusive, um prazo específico que consta na notificação de autuação. (Especial para O Hoje). 

Veja Também