Governo do Estado deve abrir 27 mil vagas para o CNH Social até o fim de 2022

Detran abriu inscrições para 5.010 vagas do programa que oferece processo de habilitação gratuita à população de baixa renda.

Postado em: 20-09-2021 às 15h51
Por: Luan Monteiro
Detran abriu inscrições para 5.010 vagas do programa que oferece processo de habilitação gratuita à população de baixa renda | Foto: Reprodução

O Governo de Goiás, por meio do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO), abriu inscrições para os interessados em obter, adicionar ou mudar a categoria da Carteira Nacional de Habilitação de forma gratuita, pelo programa CNH Social. Na 5ª etapa da ação, serão oferecidas 5.010 vagas.

Outras 22.020 vagas serão oferecidas no próximo ano. O anúncio foi feito pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) no Twitter na manhã desta segunda-feira (20/09), data em que a autarquia realizou a abertura oficial da Semana Nacional de Trânsito.

“Começamos nossa semana com novidades para os goianos que querem conquistar a tão sonhada carteira de motorista, mas que não têm condições financeiras de arcar com os custos de tirar a habilitação ou mudar de categoria”, disse a publicação de Caiado.

Continua após a publicidade

A importância do programa foi reforçada pelo presidente do Detran-GO, Marcos Roberto Silva, durante a abertura. Com a 5ª etapa, o programa já totalizou 17 mil vagas. De acordo com ele, nesta fase, serão investidos R$ 7,6 milhões.

Para o próximo ano, o programa demandará investimentos de R$ 33,3 milhões para contemplar 22.020 pessoas. O presidente esclareceu que as vagas serão divididas em três etapas, sendo 6 mil vagas para cada uma das duas primeiras (janeiro e maio) e 10.020 vagas para a terceira, em setembro.

Segundo Marcos Roberto, além de promover a capacitação de usuários das vias públicas, contribuindo para um trânsito mais seguro, o CNH Social se consolida como um dos maiores programas de inclusão social, oferecendo aos beneficiários mais uma opção de trabalho, pois parte das vagas é ofertada para os condutores que desejam se tornar motoristas de categorias profissionais (ônibus, caminhão e carreta).

Das inscrições

Os interessados em concorrer a uma das 5.010 vagas disponibilizadas nesta etapa devem realizar as inscrições até o dia 18 de outubro, exclusivamente, pelo site.

Cada pessoa poderá se candidatar em apenas uma das modalidades do programa, dividido em Estudantil, Urbana e Rural. Para se inscrever, é necessário atender os critérios estabelecidos em edital, entre eles ter Cadastro Único para os programas sociais do governo federal (CadÚnico) ativo.

Os contemplados receberão isenção de taxas como inclusão no Renach, Licença de Aprendizagem de Direção Veicular, agendamento de prova teórica, agendamento de exame prático, exame médico e psicológico.

A pessoa com deficiência classificada dentro do número de vagas também se absterá de pagar pela junta médica. Por meio de parcerias com os Centros de Formação de Condutores (CFCs), serão oferecidos ainda o curso teórico de legislação de trânsito, as aulas práticas de direção e até três retestes gratuitos.

Veja Também