Vereador de São Simão é afastado por apresentar falso diploma escolar em candidatura

Conhecido na cidade como Gilmar do Garimpo, o vereador apresentou documento particular falso para finalidades eleitorais.

Postado em: 06-10-2021 às 10h00
Por: Ícaro Gonçalves
Conhecido na cidade como Gilmar do Garimpo, o vereador apresentou documento particular falso para finalidades eleitorais | Foto: Reprodução

O vereador Gilmar Cirino dos Santos do município de São Simão, região sul do estado, foi afastado de seu cargo por meio de medida cautelar proferida pelo Juízo da 97ª Zona Eleitoral de Cachoeira Alta.

Conhecido na cidade como Gilmar do Garimpo, o vereador havia sido denunciado pelo promotor eleitoral Fabrício Lamas, do Ministério Público Eleitoral, por uso de documento particular falso ao apresentar diploma de ensino irregular para finalidades eleitorais.

Entre os documentos apresentados à época de sua candidatura, estava um diploma de professor em “normal nível médio”, como comprovante de escolaridade. O promotor eleitoral, no entanto, apurou que o documento é ideologicamente falso, pois a data de conclusão do curso encontra-se em um período que a escola já estava inativa.

Continua após a publicidade

“Além disso, há indícios de falsidade ideológica em outros pontos, tais como rasura no nome do formando e na data do diploma, erro do nome do pai, nomenclatura divergente da cidade de seu nascimento, a falta de assinatura do titular do diploma, entre outras inconsistências”, afirmou o promotor.

No mérito, o MP Eleitoral requereu a sentença condenatória e a fixação do valor para reparação dos danos morais coletivos à comunidade de São Simão.

Veja Também