Polícia Civil prende suspeito de aliciar crianças para prostituição infantil na região noroeste de Goiânia

Postado em: 14-06-2022 às 16h24
Por: Ícaro Gonçalves
Segundo a PCGO, o investigado conhecido como Xitão, oferecia valores ou até mesmo alimentos em troca de favores sexuais | Foto: Divulgação/PCGO

A Polícia Civil de Goiás (PCGO) prendeu nesta terça-feira (14/6) um homem de 37 anos suspeito de aliciar crianças e adolescentes na região noroeste da Goiânia para a prática de prostituição infantil. Segundo a PCGO, o investigado é conhecido como Xitão e oferecia valores e até alimentos em troca de favores sexuais.

A prisão ocorreu por meio da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), através da Operação Acalento. A operação foi criada pelo Ministério da Justiça para intensificar o combate a crimes de violência contra crianças e adolescentes do país.

Entenda o caso

Em síntese, as investigações apontaram que o suspeito usava a situação de pobreza das vítimas para oferecer dinheiro em espécie em troca de práticas sexuais. Xitão ofertava às crianças valores entre R$ 10 e R$ 50, e até mesmo alimentos.

No decorrer do mandado de prisão preventiva e busca e apreensão também foram localizados objetos parecidos com munições de arma de fogo de uso restrito, que serão objeto de posterior análise policial.

Nota da Polícia Civil:

As investigações em face do referido indivíduo permanecem em vigor, diante da possibilidade de surgimento de eventuais outras vítimas, notadamente crianças e adolescentes, sendo, portanto, necessária a divulgação da imagem e identificação do preso, nos termos da lei nº 13.868/2019, Portaria nº 547/2021 – PC e Despacho motivado da autoridade policial.

Foto: Divulgação/PCGO
Compartilhe: