Homem é preso por furto dias após dar entrevista reclamando da criminalidade na cidade; assista

Ironia do destino ou não, o homem foi preso sob suspeita de tentar fazer compras com um cartão de crédito furtado duas semanas após reclamar da criminalidade na cidade

Postado em: 01-08-2022 às 16h17
Por: Ícaro Gonçalves
Ironia do destino ou não, o homem foi preso sob suspeita de tentar fazer compras com um cartão de crédito furtado duas semanas após reclamar da criminalidade na cidade | Foto: Reprodução/TV Gazeta do Norte

Um morador da cidade de Linhares, no Espírito Santo, foi preso na última quarta-feira (28/7) sob suspeita de furto de cartões de crédito. O que chama atenção é o fato do mesmo homem ter dado entrevista a uma rede de TV local dias antes, quando reclamou da falta de segurança na região.

Em entrevista à TV Gazeta do Norte, afiliada da TV Globo, Anderson Lopes Siqueira, de 33 anos, se apresentou como planfleteiro e disse que a insegurança tem tomado conta do município. A entrevista foi exibida no último dia 14 de julho.

Anderson e outros populares reclamavam dos assaltos constantes nos ônibus. “Linhares era pra ter mais segurança porque estão roubando muito. Não só no comércio, mas também nos ônibus. Está acontecendo em vários bairros. Em Interlagos, onde moro, é onde mais acontece. Em todo lugar está tendo assalto”, disse ele.

Continua após a publicidade

Ironicamente, duas semanas depois, o homem foi pego, sob suspeita de tentar fazer uma compra com um cartão de crédito furtado. Assista:

Cartão furtado

De acordo com a Polícia Civil do Espírito Santo, o item teria sido retirado de um carro que foi arrombado em uma avenida no centro da cidade.

O dono do cartão de crédito procurou a polícia após receber várias notificações de compras. No restaurante onde foi preso, Anderson ainda teria se aproveitado da distração de uma funcionária e furtado R$ 150 no caixa.

O caso é investigado pela Delegacia Regional de Linhares, que destacou que o homem também pode ter cometido roubos na região. Anderson passou por uma audiência de custódia, no sábado (30), mas a prisão dele foi mantida. A defesa destacou que vai recorrer para que ele responda em liberdade.

Leia também: Furto ao apartamento de Carlinhos Maia foi encomendado e planejado, diz polícia

Veja Também