Polícia prende homem suspeito de aplicar golpe que fez promotora de Justiça perder R$ 60 mil

A vítima acreditou que conversava com seu filho pelo WhatsApp e, no intuito de ajudá-lo, fez várias operações bancárias para contas criadas pelos criminosos.

Postado em: 02-08-2022 às 17h00
Por: Ícaro Gonçalves
A vítima acreditou que conversava com seu filho pelo WhatsApp e, no intuito de ajudá-lo, fez várias operações bancárias para contas criadas pelos criminosos | Foto: Reprodução

A Polícia Civil de Goiás (PCGO) cumpriu, nesta terça-feira (2/8), mandado de prisão temporária expedida contra um homem de 23 anos, responsável por coordenar um golpe que vitimou uma promotora de Justiça em mais de R$ 60 mil.

Itens apreendidos na operação | Foto: Divulgação

A prisão ocorreu por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC). A promotora de Justiça vítima do golpe acreditou que conversava com seu filho pelo WhatsApp e, no intuito de ajudá-lo, fez várias operações bancárias para diversas contas que eram criadas pelos criminosos em nome de terceiros.

A identidade da vítima e do suspeito não foram divulgadas. Também foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão na casa de suspeitos em Aparecida de Goiânia e Senador Canedo.

Continua após a publicidade

Leia também: Mulher é presa suspeita de aplicar golpe em mais de 170 pessoas

Veja Também