Sebrae Goiás lança Escola de Negócios com exposição do economista Ricardo Amorim

A Escola de Negócios do Sebrae Goiás vai funcionar em sua sede na Capital e tem como foco o aprimoramento da gestão empresarial e do empreendedorismo.

Postado em: 09-08-2022 às 10h57
Por: Luan Monteiro
A Escola de Negócios do Sebrae Goiás vai funcionar em sua sede na Capital e tem como foco o aprimoramento da gestão empresarial e do empreendedorismo. | Foto: Reprodução

O Sebrae inaugurou nesta terça-feira (9/8) a Escola de Negócios para Empreendedores em sua sede, em Goiânia. O lançamento contou com a presença do economista Ricardo Amorim, que marcou o início dos trabalhos no novo espaço da instituição.

A Escola de Negócios do Sebrae Goiás vai funcionar em sua sede na Capital e tem como foco o aprimoramento da gestão empresarial e do empreendedorismo.

A programação inicia neste mês de agosto, com três cursos divididos em temáticas do eixo de desenvolvimento econômico e empresarial, são eles:

Continua após a publicidade

  • Personal Branding
  • Storytelling – Apresentações de Impactoe
  • Como aplicar a prática das organizações exponenciais na minha empresa

De acordo com o Diretor Superintendente do Sebrae Goiás, Antônio Carlos de Souza Lima Neto, esse é mais um apoio ao empreendedor goiano. “Todos esses cursos de capacitação são para que esses empresários estejam conectados com o que ha de novidade, aprimorando assim os seus conhecimentos em gestão e cultura empreendedora”, explicou.

Para Marcelo Lessa, Diretor Técnico do Sebrae Goiás, a Escola de Negócios visa acompanhar a modernização do mercado e adapta-la para o mundo empresarial. “Acompanhamos o movimento do segmento empresarial, principalmente em relação a faixas-etárias e tendências do mercado, não apenas no Brasil como a fora. E com isso, vimos que a linguagem via meta-verso e NFT’s são situações que estão modernizando o mercado e, diante dessa modernização, vimos a necessidade de adaptar essa linguagem para o segmento empresarial”, afirma.

“Por isso, voltado a esse público, criamos nossa escola de negócios em parceria com o Sebrae de São Paulo e alguns tutores. Iremos, agora, desenvolver uma série de atividades voltadas ao atendimento presencial mas sem abandonar o digital”, continua.

Para o economista Ricardo Amorim, o empreendedorismo é o motor da economia e, iniciativas como a do Sebrae são importantes para fortalecer esse segmento. “Empreendedorismo no Brasil, e em qualquer lugar do mundo, é a maior fonte de geração de emprego que temos. Quando falamos de empreendedorismo falamos de pequenos negócios, que é justamente o tipo de negócio que o Sebrae apoia e faz com que se possa ser mais forte”, explicou.

“Para mim é um prazer e uma honra estar aqui pois o papel que o Sebrae representa é: geração de emprego, geração de oportunidade, possibilidade de sobrevivencia, pois empreender é bom, mas é difícil, e o Sebrae faz com que mais empreendedores consigam ter sucesso e colocar comida na mesa de sua família”, continuou.

A proposta da Escola de Negócios do Sebrae é atuar como hub de inovação e educação levando para a sociedade capacitações práticas, voltadas ao empreendedor, com temas expoentes, voltados ao empreendedor. O Sebrae Goiás vai contar professores que tenham experiência empreendedoras, práticas exitosas e vivências de empreendedorismo. Os cursos serão por meio digital e presencial e todos os alunos receberão assessoria aos professores.

As capacitações têm o formato híbrido e o objetivo é atender a todos os empresários, donos de pequenos negócios, empreendedores, microempreendedores individuais e demais interessados em abrir o próprio negócio ou para quem já tem uma empresa e quer aprimorar sua gestão, seja ela urbana ou rural.

Veja Também