Entidades discutem riscos climáticos no agro em Goiás

Tema vai ser abordado durante reunião da Câmara Temática ‘O Agro é de Todos’, que ocorrerá nesta quinta-feira

Postado em: 11-08-2022 às 07h53
Por: Daniell Alves
De janeiro a julho de 2022, o Corpo de Bombeiros realizou 4.852 atendimentos relacionados a incêndios florestais | Foto: Reprodução/FAEG

Como parte das atividades programadas para a 75ª Exposição Agropecuária de Goiás, o Estande do Agro receberá nesta quinta-feira (11/08), a partir das 14h, reunião da Câmara Temática de Estratégia, Competitividade e Políticas Públicas do Agronegócio do Estado de Goiás – O Agro é de Todos, criada pelo Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa). O encontro terá como tema “Mapeamento e Gestão de Riscos Climáticos no Agro” e contará também com a participação das entidades que integram o Comitê de Prevenção e Combate a Focos de Incêndio na Zona Rural em Goiás.

O evento será realizado no Auditório Augusto Gontijo, ao lado do Estande do Agro, no Parque de Exposição Agropecuário de Goiânia. Representantes de mais de 60 entidades discutirão, entre vários assuntos, ações de prevenção e combate a queimadas em áreas florestais e rurais, situação de emergência relacionada a incêndios e queimadas e prevenção a alagamentos e danos em áreas rurais (Operação Tempestade).

De acordo com o titular da Seapa, Tiago Mendonça, a reunião especial sobre queimadas e tempestades será realizada no Parque Agropecuário de Goiânia em reconhecimento à importância da 75ª Exposição Agropecuária de Goiás. A iniciativa integra uma série de ações que o Governo de Goiás vem desenvolvendo, em parceria com prefeituras, sindicatos rurais, polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e outras entidades, para prevenir e minimizar os prejuízos provocados por adversidades climáticas.

Continua após a publicidade

Queimadas

De janeiro a julho de 2022, o Corpo de Bombeiros realizou 4.852 atendimentos relacionados a incêndios florestais (tanto em vegetação quanto em cultura agrícola) em Goiás. O número representa um crescimento de 11,5% em relação ao mesmo período do ano passado. Apenas nos oito primeiros dias de agosto, a corporação registrou mais 507 ocorrências.

“Criamos o Comitê de Prevenção e Combate a Focos de Incêndio na Zona Rural e já realizamos duas edições do Dia D de Aceiros e Podas em vários municípios goianos, entre outras ações. Estamos levando orientações aos produtores, mapeando estruturas de apoio em cada região e ajudando na criação de brigadas de incêndio”, afirma Mendonça. O secretário adianta que também serão discutidas ações de prevenção para o período chuvoso, que ocorre nos últimos meses do ano, quando aumenta a incidência de alagamentos em várias regiões do Estado.

A Câmara Temática de Estratégia, Competitividade e Políticas Públicas do Agronegócio do Estado de Goiás – O Agro é de Todos foi criada em 2019. É composta por representantes de mais de 40 entidades do setor em Goiás, entre órgãos públicos, associações, sindicatos e instituições de ensino e pesquisa. O grupo atua como um “conselho consultivo do agro”, discutindo demandas e apresentando propostas para nortear políticas públicas que ajudem a desenvolver e fortalecer o setor no Estado.

Veja Também