Sexta-feira, 27 de janeiro de 2023

Rede estadual de ensino registra mais de 210 mil matrículas em menos de sete dias

As escolas e as sedes das CREs colocaram suas estruturas de informática à disposição das famílias que não têm acesso à internet

Postado em: 29-11-2022 às 07h53
Por: Rodrigo Melo
As escolas e as sedes das CREs colocaram suas estruturas de informática à disposição das famílias que não têm acesso à internet | Foto: Seduc

Desde que foram abertas as matrículas para a rede pública estadual de ensino, na última quarta-feira (23/11), mais de 210 mil inscrições de alunos já foram solicitadas para o ano letivo de 2023. Ao todo, foram 157 mil renovações, 17 mil transferências e 42 mil novas matrículas.

A solicitação de vaga deve ser feita apenas para novos alunos, ou seja, oriundos de outras redes de ensino (municipal, federal e privada), de outros estados ou que deixaram de estudar e querem retornar. Os interessados têm até o dia 11 de dezembro para realizarem a solicitação por meio do site.

Para fazer a solicitação é necessário o aluno ou responsável tenha em mãos: o nome completo do aluno, nome completo da mãe (ou responsável), CPF do aluno, data de nascimento, etapa, série e turno desejados, opções de escolas (se possível três), o munícipio da escola que deseja estudar (obrigatório), telefone para contato e e-mail. Historicamente, cerca de 90% dos estudantes conseguem se matricular na primeira opção de escola e os demais vão para uma das outras duas opções escolhidas.

Continua após a publicidade

Locais para se matricular vitualmente

As escolas e as sedes das Coordenações Regionais de Educação (CREs) colocaram suas estruturas de informática à disposição das famílias que não têm acesso à internet, para garantir a todos a realização do procedimento. Após o período da solicitação de vaga, o novo estudante ou o responsável deverá entrar no site, entre os dias 19 e 23 de dezembro, para verificar em qual unidade foi alocado e comparecer na escola para a efetivação da matrícula.

No ato da efetivação de matrícula, os estudantes precisam apresentar documentos pessoais (CPF, RG, certidão de nascimento ou de casamento), comprovante de endereço e comprovante de escolaridade (histórico escolar, declaração de aprovação ou declaração de cursando).

Renovação e transferência

Para estudantes já matriculados na rede pública, a renovação de matrícula será confirmada por meio do Termo de Renovação assinado pelos pais ou responsáveis. Caso o aluno não tenha interesse em permanecer na mesma unidade deverá solicitar a Transferência por Interesse Próprio (TIP) para outra escola da rede estadual até o dia 11 de dezembro. Nesse processo, não haverá a reserva de vagas na unidade de preferência e o estudante deverá indicar três opções de escolas.

Segundo o Calendário Escolar o ano letivo de 2023 está previsto para iniciar no dia 16 de janeiro, e o começo das aulas no dia 18 de janeiro.

Veja Também