Sexta-feira, 27 de janeiro de 2023

Corpo de adolescente desaparecida após ir à padaria em Goiânia é encontrado; Suspeito confessa crime

O suspeito disse que a levou para própria residência, local onde a matou estrangulada e a enterrou no quintal

Postado em: 29-11-2022 às 10h38
Por: Rodrigo Melo
O suspeito disse que a levou para própria residência, local onde a matou estrangulada e a enterrou no quintal | Foto: Reprodução

O corpo de Luana Marcelo, de 12 anos, que desapareceu após ir à padaria em Goiânia, foi encontrado na manhã desta terça-feira (29/11). Investigações promovida pela Polícia Civil de Goiás (PCGO) levaram até o suspeito que foi preso e confessou o crime.

Durante confissão à polícia, Reidimar Silva Santos, de 31 anos, contou que mentiu para a menina de que estava devendo dinheiro aos pais dela e pediu que ela entrasse no carro para ir até a casa deles. No entanto, ele a levou para própria residência, que alugou a cerca de oito dias no Madre Germana 2, mesmo setor de Luana.

No local, o suspeito disse a polícia que tentou abusar sexualmente da adolescente e diante da negativa dela, a enforcou até a morte e a enterrou no quintal. Ele negou o estupro.

Continua após a publicidade

Reidimar não soube dizer o motivo do crime, mas afirmou que estava sob efeito de cocaina e bebida alcólica. (Veja o vídeo da confissão no final da reportagem)

Relembre o caso

Luana havia desaparecido no último domingo (27) após ir a uma padaria que fica a cerca de 400 metros da casa da família que morava no Setor Madre Germana 2, em Goiânia.

Na segunda-feira (28), um suspeito do caso foi ouvido na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), após imagens mostrarem o carro dele, um celta branco, próximo do local onde a adolescente desapareceu. No veículos foram encontrados diversos fracos de cocaina.

Após ser ouvido, o homem que tem já tem passagem por estupro, foi levado ao Instituto de Criminalística para retirar material genético.

Leia também: Esposa foge com filho de 9 meses após agressão do marido

Veja Também