Quadrilhas que explodiram caixas eletrônicos são identificadas

Explosões em bancos de Ipameri e Novo Gama são alvo de investigações pela polícia. Grupos são responsáveis por outros ataques a agências em outras cidades de Goiás

Postado em: 11-05-2018 às 16h30
Por: Victor Pimenta
Explosões em bancos de Ipameri e Novo Gama são alvo de investigações pela polícia. Grupos são responsáveis por outros ataques a agências em outras cidades de Goiás

Informações sobre as investigações dos ataques em agências bancárias dos municípios de Ipameri e Novo Gama fora apresentadas, nesta sexta-feira (11), pelo secretário de Segurança Pública, Irapuan Costa Júnior. A quadrilha responsável
pelo crime em Novo Gama já foi desarticulada. Na ação, um homem foi preso e outro morreu
em confronto com a polícia. Em relação ao caso de Ipameri, a associação criminosa foi identificada.

Na tarde de quinta-feira (10), a Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) encontrou os responsáveis
pelos roubos em uma agência da Caixa Econômica de Novo Gama. Eles estavam em
uma chácara em Valparaíso de Goiás e reagiram à abordagem. Além deles, um
policial militar acabou detido suspeito de ter fornecido munições para o crime. 
A ação da PM foi realizada menos de 24 horas após o crime. A
quadrilha também é responsável pela explosão de agências bancárias de
Valparaíso de Goiás, em abril deste ano. O mesmo grupo estaria envolvido em
duas outras ocorrências em Novo Gama.

Continua após a publicidade

Em relação ao ataque em Ipameri, a Polícia Civil (PC), por meio do
Grupo Antirroubo a Bancos (GAB), prendeu um homem suspeito de envolvimento com
o grupo responsável pelo crime. Na chácara dele, foram recuperados relógios e
joias roubados na ação, além de explosivos e outros objetos utilizados nesse
tipo de crime. 
De acordo com as investigações, a quadrilha no caso de
Ipameri também é responsável por ataques em agências bancárias de Abadia de
Goiás, Cristalina, Campo Alegre e Montes Claros.

Veja Também