Terça-feira, 27 de fevereiro de 2024

Equatorial lidera ranking de reclamações contra empresas em novembro, aponta Procon Goiás

As principais queixas são sobre cobrança em desacordo com uso, instabilidade/interrupção no fornecimento e dificuldade ou atraso de reembolso

Postado em: 08-12-2023 às 09h48
Por: Rondineli Alves de Brito
Imagem Ilustrando a Notícia: Equatorial lidera ranking de reclamações contra empresas em novembro, aponta Procon Goiás
As principais queixas são sobre cobrança em desacordo com uso, instabilidade/interrupção no fornecimento e dificuldade ou atraso de reembolso | Foto: Reprodução

Nesta quarta-feira (6/12), o Procon Goiás divulgou o ranking dos atendimentos promovidos em novembro. A Equatorial lidera em primeiro lugar com mais reclamações — foram 161 feitas pelos consumidores no mês.

Este ranking leva em consideração os atendimentos feitos através de duas plataformas, o Proconsumidor (atendimentos presenciais) e Procon Web (atendimentos registrados pela internet). As principais queixas são sobre cobrança em desacordo com uso, instabilidade/interrupção no fornecimento e dificuldade ou atraso de reembolso.

Segundo Levy Rafael Cornélio, superintendente do Procon Goiás, a divulgação do ranking tem como objetivo cumprir papel de transparência e possibilitar o acesso à informação por parte da população.

Continua após a publicidade

“Com esse levantamento em mãos, os consumidores podem fazer escolhas mais conscientes e também cobrar o cumprimento de seus direitos amparados pelo CDC”, afirma.

Em nota ao jornal O Hoje, a Equatorial informou que as reclamações feitas ao Procon Goiás nos últimos 12 meses tiveram queda de mais de 10%, se comparado ao mesmo período de 2023, segundo Dados do Órgão de Defesa do Consumidor.

De acordo com a Equatorial, a empresa possui cerca de 3,5 milhões de clientes e que os atendimentos registrados no Procon correspondem a menos de 0,005% dos clientes da concessão. A empresa ainda acrescenta que a rede vem sendo afetada nesses últimos meses, em função das fortes instabilidades climáticas.

Confira a nota completa da Equatorial

A Equatorial Goiás reforça que as reclamações de forma acumulada nos últimos 12 meses, no Procon, apresentaram queda. Dados do Órgão de Defesa do Consumidor apontam uma redução de mais de 10%, comparando o ano de 2023 com o ano passado. Além disso, a empresa dispõe de um canal de atendimento exclusivo para esses órgãos, que conta com equipe uma especializada para prestar os devidos esclarecimentos a todas as solicitações registradas.

A Equatorial Goiás esclarece que possui cerca de 3,5 milhões de clientes e que os atendimentos registrados no Procon correspondem a menos de 0,005% dos clientes da concessão. A companhia ressalta que o volume total de atendimentos divulgados pelo Procon não inclui apenas reclamações, mas também solicitações de informação.

A companhia destaca que a rede vem sendo afetada nesses últimos meses, em função das fortes instabilidades climáticas e descargas elétricas, que podem comprometer o fornecimento de energia. E que equipes atuam de prontidão para retomar o fornecimento na maior brevidade possível, sempre que necessário.

Veja Também