Terça-feira, 20 de fevereiro de 2024

Homem que levou mais de 70 picadas de abelhas em Anápolis recebe alta

João foi picado na região do rosto, pescoço e nos braços

Postado em: 11-12-2023 às 11h06
Por: Rondineli Alves de Brito
Imagem Ilustrando a Notícia: Homem que levou mais de 70 picadas de abelhas em Anápolis recebe alta
João foi picado na região do rosto, pescoço e nos braços | Foto: Reprodução

O servente de pedreiro João Batista, de 49 anos, que foi atacado por abelhas, em Anápolis, a 55 km de Goiânia, recebeu alta médica e se recupera em casa. Ele foi picado por mais de 70 vezes, na tarde da última sexta-feira (8/12), nas proximidades do local onde ele trabalha.

No momento do ataque, o servente de pedreiro estava trabalhando a cerca de 150 metros do local. Na mesma hora, um técnico de internet estava promovendo a manutenção na rede em um poste de energia, o que acabou agitando as abelhas, que formaram uma colmeia no poste.

“O desespero é tão grande, a dor é tão grande que você acha que vai morrer na hora”, contou João Batista.

Continua após a publicidade

João foi picado na região do rosto, pescoço e nos braços. Imagens de câmeras de segurança registraram o momento em que pessoas tentam socorrer o trabalhador jogando água e batendo nas abelhas, e logo após acionam o Corpo de Bombeiros.

Os militares do Corpo de Bombeiros removeram os insetos, que estavam no poste de energia elétrica, e encaminharam a vítima até o Hospital Alfredo Abrahão. Após receber o atendimento o homem foi liberado.

O  Corpo de Bombeiros alerta que em caso de picadas de abelhas a orientação é procurar uma unidade de saúde o mais rápido possível. Algumas pessoas podem ser alérgicas a picada do inseto podendo levar ao óbito.

Veja Também