Família tenta trazer corpo de filho esfaqueado em Portugal para Goiás

A namorada da vítima é suspeita do crime e disse ter sido em legitima defesa; mãe espera obter R$ 23 mil para o translado – Foto: Reprodução.

Postado em: 24-01-2020 às 15h30
Por: Nielton Soares
A namorada da vítima é suspeita do crime e disse ter sido em legitima defesa; mãe espera obter R$ 23 mil para o translado – Foto: Reprodução.

Nielton Soares

A família de Flávio Machado da Silva, de 39 anos, esfaqueado em Portugal, está tentando trazer o corpo dele para Goiás. Porém, precisa para isso, obter a quantia de R$ 23 mil para as despesas do traslado. 

A mãe da vítima, a aposentada Diva Maria da Silva, de 69 anos, tem feito até apelo para conseguir ao menos se despedir e enterrar o filho em Turvânia, a 92 quilômetros de Goiânia. 

Continua após a publicidade

A namorada de Flávio, Simara da Silva Santos, de 32 anos, foi presa acusada de ter cometido o crime, que aconteceu na segunda-feira (20), em Odivelas, na Região Metropolitana de Lisboa, depois que os dois tiveram uma briga. A mulher alega legítima defesa. 

 

Veja Também