Goiás fica em 7º posição nacional e 2º no Centro Oeste em ranking da STN

Postado em: 24-11-2021 às 11h51
Por: Nielton Soares
Órgão da Secretaria da Economia lista qualidade da informação contábil e fiscal. Pernambuco e Mato Grosso do Sul ficaram em 1º e 2º, respectivamente | Foto: reprodução

Goiás passou a ocupar a posição sétima, nacional, e segundo lugar no Centro-Oeste no Ranking da Qualidade da Informação Contábil e Fiscal, da edição 2020, elaborado pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN) – órgão ligado à Secretaria da Economia.

Com isso, o Estado subiu 12 posições. O levantamento aponta que Goiás somou 92,9% dos acertos das consistências contábeis e fiscais. No ano anterior, quando ficou em 19ª lugar, os acertos ficaram em 85,4%.

Por outro lado, na região, Mato Grosso do Sul passou a ocupar a segunda posição no ranking, obtendo 95,20% dos certos contábeis e fiscais e somando pontuação de 90.472. Já Pernambuco, na liderança nacional, teve 96,40% e 91.601 pontos. Na sequência, à frente de Goiás, estão Rondônia, Espírito Santo, Paraná e Paraíba.  

Como funcionando a checagem?

A STN faz acompanhamento diário das entregas e retificações de relatórios contábeis e fiscais e respectivos impactos na classificação. Assim, é possível chegar pelo ranking diário os dados informados no Siconfi no dia anterior.

Compartilhe: